Com investimento de R$ 1,3 milhão, reforma da Casa da Agricultura de Botucatu é entregue

A atuação de Fernando Cury resultou em mais uma grande notícia para Botucatu e toda a região.

Na manhã deste sábado (25) foi entregue a reforma do prédio sede da CDA (Coordenadoria Regional de Defesa Agropecuária), da CATI/CDRS (Coordenadoria Regional de Desenvolvimento Rural Sustentável), e da Casa da Agricultura de Botucatu.

“Ao todo, são R$ 1,3 milhão investidos nas melhorias e adequação da estrutura, garantindo condições ideais a todos que se dedicam ao trabalho diário em prol desse setor que continua sendo a locomotiva do nosso país, além, claro, de oferecer ainda mais recursos e atendimento de excelência aos produtores rurais”, afirmou Cury.

De acordo com ele, a união de forças foi fundamental para a conquista. “Tudo começou com uma conversa que tive com os amigos Zé Piranha, representante do setor rural de Botucatu, e Chico Pereira, diretor do Escritório de Defesa Agropecuária de Botucatu. Falamos sobre a necessidade de uma atenção especial para o prédio da CATI e a partir daí fiz a interlocução com o Governo do Estado, em busca dos recursos”, explicou.

O evento teve a presença do secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Itamar Borges. “Quero aqui reconhecer e destacar a gestão feita pelo Fernando Cury nesse processo, que começou ainda com o então secretário Arnaldo Jardim, e em seguida, com o também secretário Francisco Jardim. Como vice-presidente e próximo presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista, sei da luta e empenho do Fernando para defender o homem do campo”, comentou.

Com investimento de R$ 1,3 milhão, reforma da Casa da Agricultura de Botucatu é entregue (Foto: Divulgação)

Mais investimentos – o secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Itamar Borges, aproveitou a visita a Botucatu para anunciar um grande programa, que será lançado no dia 14 de outubro.

“Nessa data, vamos lançar o maior programa de recuperação de estradas rurais da história para ser desenvolvido em menos de um ano em todo o Estado. São 5 mil quilômetros contemplados com R$ 600 milhões, sendo que R$ 200 milhões estão liberados e o restante está já na previsão orçamentária de 2022”, completou.

Assessoria

Scroll Up