Com Covid em alta, Estados dos EUA exigem vacinação para trabalhadores essenciais

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, pediu nesta segunda-feira que empresas recusem clientes não vacinados, enquanto a Flórida luta contra um disparo no número de pacientes hospitalizados pela Covid-19 em meio à propagação da variante Delta, que pode levar à imposição de novas restrições à vida cotidiana.

Os trabalhadores do setor de transportes em Nova York e os profissionais de saúde, cuidados domésticos e do setor penitenciário de Nova Jersey irão enfrentar novas exigências anunciadas nesta segunda-feira, e terão de ser vacinados ou passarão por testagens regulares. O prefeito da cidade de Denver também anunciou que a imunização será obrigatória para os mais de 11 mil funcionários municipais.

Alguns governos locais estão voltando a exigir o uso obrigatório de máscaras, como o governo de Louisiana, que vai passar a exigir o uso da proteção facial em locais ambientes externos em todo o Estado a partir de quarta-feira. O governador da Flórida, Ron DeSantis, tomou uma atitude oposta. DeSantis decretou na semana passada a proibição da exigência do uso de máscaras pelas escolas no Estado.

As medidas representam as últimas tentativas de administradores públicos para incentivar a vacinação entre norte-americanos relutantes, enquanto a variante Delta, altamente contagiosa, aumenta os números de casos do coronavírus em todo o país, infectando principalmente os não vacinados.

“Se você não foi vacinado, a variante Delta deveria ser uma grande preocupação para você, e você deveria estar preocupado com isso”, afirmou o governador de Nova York em um pronunciamento.

A Flórida, que tem um governador que resiste às exigências de uso de máscaras e de vacinação, tem um dos piores surtos da doença no país, e cerca de um quarto dos pacientes hospitalizados por Covid-19 em todo o país, de acordo com dados do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up