Coloque tudo no lugar com o método Marie Kondo de organização

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

No armário

Roupas – Na hora da arrumação, espalhe todas as peças no chão. Assim, é possível visualizar que você tem muito mais do que imagina e fica mais fácil se desfazer do que não usa há bastante tempo. Sabe aquele moletom velhinho que é uma delícia para ficar em casa? Descarte, assim como tudo o mais que só servir para essa finalidade. Para a autora, a categoria “roupa de ficar em casa” é o mesmo que “desnecessário”.

Bolsas – O melhor lugar para guardá-las é assim: uma dentro de outra. Isso otimiza o espaço vazio dentro delas. Deixe as alças sempre para fora, de modo que consiga identificar facilmente onde está cada modelo dentro do armário.

Escritório

Papelada nunca traz felicidade, portanto, descarte. A exceção está em comprovantes de pagamentos (que devem ser jogados no lixo após receber o recibo de quitação anual) e garantias de eletrônicos, que devem ser colocados em uma pasta identificada.

Lembranças afetivas

Cartas, fotografias impressas e bilhetes devem ser vistos e jogados fora depois de agradecer pelos momentos que representam. “Se você esconde esses itens em uma caixa ou gaveta, o passado se torna um peso, um empecilho para viver o aqui e agora”, fala Marie.

Só felicidade

Em qualquer cômodo, o critério para escolher o que fica e o que vai embora deve ser “isso traz alegria?”. Segure cada peça e veja como seu corpo reage. Livrar-se de tudo o que não traz uma sensação boa é a melhor maneira de ter uma casa feliz.

Fonte: M de Mulher

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes