Calor extremo danifica pistas e suspende voos na Inglaterra

Pelo menos dois aeroportos em Londres, na Inglaterra, fecharam nessa segunda-feira (18) depois que as altas temperaturas danificarem as pistas. Foram relatados danos nas superfícies de pouso no Aeroporto de Luton e na base aérea de Brize Norton.

Os termômetros chegaram a marcar 36ºC no Reino Unido, resultado de uma onda de calor que atinge parte da Europa nas últimas semanas e já provocaram pelo menos mil mortes, segundo órgãos de saúde da Espanha e de Portugal.

Equipe faz reparo em pista de pouso de aeroporto em Londres após calor danificar o asfalto — Foto: BBC via Reuters
Equipe faz reparo em pista de pouso de aeroporto em Londres após calor danificar o asfalto (Foto: BBC)

No aeroporto de Luton, em Londres, pousos e decolagens foram temporariamente interrompidos. Segundo o aeroporto, a interrupção foi para permitir “um reparo essencial da pista depois que altas temperaturas da superfície fizeram com que uma pequena seção se levantasse”.

A assessoria do aeroporto de Luton disse que ele ficou fechado por aproximadamente duas horas, reabrindo às 17h (14h no horário de Brasília). Cerca de 14 voos foram desviados para outros aeroportos, de acordo com dados do FlightRadar24.

Na base aérea de Brize Norton, a cerca de 120 km de Londres, a Força Aérea Real confirmou que estavam usando aeródromos alternativos depois que o site de notícias Sky News informou que o tempo quente havia derretido a pista.

Fonte: Yahoo!