Brasileiro surfa onda gigante em Nazaré e pode ter recorde histórico: “Maior da minha vida”

O surfista brasileiro Vinicius dos Santos, de Florianópolis, pode estar perto de mais um feito gigante na carreira. Sua onda no berço das ondas gigantes, em Nazaré, Portugal, pode ser a maior da história já surfada.

 — Foto: Arquivo pessoal
Brasileiro surfa onda gigante em Nazaré (Foto: Arquivo Pessoal)

Na última temporada, Vini dos Santos foi indicado no Big Wave Awards de 2021 e disputou o prêmio, que é o oscar das ondas gigantes, por sua onda surfada na modalidade remada, sem auxílio de jet skis. Desta vez, a onda que está sendo destaque no mundo foi no tow-in, quando há o auxílio para surfar.

Vini dos Santos pode concorrer ao Big Wave Awards pela segunda temporada seguida — Foto: Divulgação
Vini dos Santos pode concorrer ao Big Wave Awards pela segunda temporada seguida (Foto: Divulgação)

Com aproximadamente 29 metros e 68 centímetros, esta pode ser a maior onda já surfada na história do surfe mundial. A medição foi feita pelo oceanógrafo PhD, Douglas Nemes e também pode entrar no Big Wave Awards nesta temporada.

– Foi, com certeza, a maior onda que eu já peguei na minha vida. Peguei grandes ondas no tow-in, antes era na remada. Essa, em especial, foi medida por um PhD e pode entrar no recorde do Big Wave Awards. Para o recorde, não sei se a metodologia de medição foi a mesma do recorde atual, mas quem mediu tem bastante notoriedade. Ainda vai passar por análise – disse o surfista.

Medição onda gigante tow-in pelo PhD Douglas Nemes — Foto: Divulgação
Medição onda gigante tow-in pelo PhD Douglas Nemes (Foto: Divulgação)

O recorde atual é de outro brasileiro. Rodrigo Koxa surfou uma onda de 24,38 metros. Com a marca conquistada em 2017, o paulista segue no topo das ondas gigantes. Entre as mulheres, Maya Gabeira surfou 22,4 metros em 2020 e detém a marca.

Além dos momentos históricos para a vida de Vini dos Santos, neste período em Nazaré o surfista também viveu o oposto. Sofreu alguns acidentes enquanto tentava domar os “monstros” gigantes no mar português. Rasgou a orelha, quebrou a prancha na cabeça e chegou a ficar por vários minutos debaixo d’água. Tudo em dias diferentes.

– As situações de surfe sempre acontecem aqui. Tomei onda na cabeça, pranchada na cara, meu pé ficou preso e torci o joelho. Sempre acontece isso. Mas, desta vez, foi filmado, aí tinha ambulância. Mas aconteceu coisas piores. Coloquei grampos porque quebrei a rabeta na minha cabeça. Tive cirurgia na orelha. Mas tudo isso, sai com sorte e com lucro. Poderia ter sido pior – completou.

Vini dos Santos em Nazaré, Portugal  — Foto: Arquivo pessoal
Vini dos Santos em Nazaré, Portugal (Foto: Arquivo Pessoal)

Fonte: G1