Botucatu: Vacinação em massa com logística do Cartório Eleitoral depende de autorização do TRE. Dia das Mães foi considerado “inviável” em reunião

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Surgiu um novo capítulo na vacinação em massa em Botucatu, que irá avaliar a eficácia do imunizante de Oxford/AstraZeneca, distribuído no Brasil pela Fiocruz, contra novas cepas do coronavírus, em um estudo realizado pela Unesp.

Na tarde desta segunda-feira, 03, houve uma reunião com envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde e o Cartório Eleitoral.

Em contato com a reportagem, o Chefe do Cartório Eleitoral de Botucatu, Igor Ignácio, contou que a Justiça Eleitoral de Botucatu já enviou uma solicitação ao TRE, em São Paulo, requisitando o uso da logística da Justiça, utilizada nas eleições, para a realização da vacinação.

Igor Ignácio ainda explicou que os mesários não poderão ser convocados para participar, mas caso a Prefeitura ache necessário, eles serão convidados para irem como voluntários e colaborar com toda a ação.

O Chefe do Cartório Eleitoral não soube informar a data que ocorreria a vacinação em data da primeira dose. No entanto, uma pessoa que teria participado do encontro revelou que a intenção da Prefeitura seria o próximo domingo, 9, Dia das Mães. Apesar da intenção, a data já teria sido apontada na reunião como “inviável” por falta de tempo hábil para a operação da logística, nas 45 escolas. Uma outra data tem sido apontada como a mais plausível para a aplicação das milhares de doses: 16 de maio.

A Prefeitura segue sem pronunciar oficialmente, mas e em entrevistas à rádios da Cidade, o Prefeito Pardini afirmou que seguirá cauteloso quanto a data, porque depende da chegada das vacinas Oxford/AstraZeneca, distribuídas no Brasil pela Fiocruz.

Também tem sido cogitado o uso das estruturas e ginásios dos três maiores clubes poliesportivos da Cidade, no caso, a Associação Atlética Botucatuense, Associação Atlética Ferroviária e Botucatu Tênis Clubes. Estes locais poderiam receber a demanda de pessoas que têm residência comprovada, mas cujos títulos eleitorais não sejam registrados no município.

Jornal Leia Notícias / Notícias Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes