Botucatu: Retorno das aulas presenciais para alunos do Fundamental II e Ensino Médio não está garantido em agosto

Nem a redução dos casos de Covid-19 na cidade, nem a proximidade da aplicação da segunda dose da vacinação em massa, na cidade de Botucatu, irão garantir a retorno gradual das aulas presenciais para os alunos o Ensino Fundamental II e Ensino Médio da cidade de Botucatu.

Mesmo sendo considerada uma atividade essencial e liberada, seguindo todas as regras para evitar o contágio do corona vírus, a cidade de Botucatu não segue as demais cidades do estado de SP no quesito retorno das aulas presenciais, no formato híbrido, quando parte dos alunos podem frequentar a escola e a outra parte acompanham as aulas em casa.

De acordo com o Movimento Escolas Abertas Botucatu, o governo municipal não sinalizou que os alunos do 6º ano ao 3º ano do Ensino Médio devam retornar para o terceiro bimestre de forma presencial, assim como já ocorreu com os alunos da Educação Infantil e Fundamental I.

No dia 10 de junho, o decreto 12.282/2021 suspendeu o retorno dos alunos do Fundamental II e Ensino Médio, mas manteve os alunos da Educação Infantil e Fundamental I que retornaram em maio.

Ontem, o Governo do Estado anunciou que os alunos de cursos superiores poderão retornar presencialmente a partir de agosto. Porém em Botucatu, nenhuma confirmação deste retorno foi divulgada, até o momento.

Pais e especialistas defendem que o retorno é seguro para esses alunos que estão desde março de 2020 acompanhando as aulas em casa. Seja pelo excesso de tela para aqueles que acompanham as aulas diárias ou para aqueles que estão sem estudar por não possuírem recursos que garantam o aprendizado, o retorno das aulas é de extrema importância.

O Movimento EAB tentou contato com o governo municipal e teve como resposta que esse assunto “ainda será discutido” com a equipes responsáveis. Mesmo no período de recesso escolar, os pais se preocupam com os rumos da educação e da saúde das crianças no município, pois todos os setores econômicos foram retomados com o avanço da vacinação e diminuição dos casos de Covid, menos a educação dos alunos das escolas públicas e privadas.

Leia Notícias

Scroll Up