Botucatu: Morador usa bom humor para disciplinar tutores de cães durante passeio na Vila dos Lavradores

Um morador da Rua Dr. Jaguaribe, na Vila dos Lavradores em Botucatu, usou do bom humor para tentar disciplinar os tutores de cães durante os passeios em frente de sua casa.

Ele colocou um cartaz que prevê multa de R$ 385,00 caso o tutor permita que o animal faça xixi no portão de sua residência. A queixa é comum em diversos outros bairros da cidade.

De acordo  com populares, os animais em guias acompanhados dos tutores são os que mais fazem xixi nos portões durante os passeios, com o consentimento humano. Pouco ainda são os tutotores que caminham utilizando uma sacolinha para recolher as fezes dos animais das calçadas.

A situação também ocorre nas rodas dos carros estacionados na via pública, um dos locais prediletos dos cães para despejarem a sua urina. Como os cachorros machos costumam usar o xixi para demarcar território, o pneu acaba sendo o local predileto pois contém diversos cheiros, já que passa por vários locais. Mas as diversas substâncias que podem ser encontradas na urina do cachorro podem corroer os pneus dos veículos.

O problema acaba acontecendo nas partes metálicas das rodas, que acabam oxidando quando recebem uma grande quantidade de urina. Como o ferro acaba sofrendo, os portões de casa também sofrem o mesmo problema. Em alguns casos a corrosão pode causar um grande prejuízo, como nos portões eletrônicos.

O registo da placa foi feito pelo corretor de imóveis Artur Galindo, que tem como hobby fotografar curiosidades da cidade e fazer registros da Cuesta. “Não vejo só como critica, mas um toque para os donos que não recolhem a sujeira deixada durante os passeio. A atitude surpreende”, relatou Galindo para o Leia Notícias.

Leia Notícias – Foto Artur Galindo

Scroll Up