Botucatu: Homem invade república feminina durante a madrugada e vítima relata dificuldade em registrar o crime

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Uma jovem moradora de uma república feminina, no Jardim Paraíso em Botucatu, viveu momentos de terror na madrugada da sexta-feira (5).

A vítima contou que por volta das 5h da manhã foi surpreendida com a presença de um homem na sala da casa. Ele utilizava um moletom com capuz e uma bandana que cobria seu rosto. O desconhecido foi se aproximando da vítima que estava deitada no sofá. Em seguida, sentou ao lado da jovem, perguntou seu nome e se ela estava sozinha na casa.

A jovem disse que na hora inventou um nome e disse que na casa moravam outras pessoas e que se ele tentasse ataca-la as pessoas iriam pedir ajuda.

“Ele insistiu na ideia que eu já o conhecia e perguntou mais uma vez se eu estava sozinha em casa. Depois de quase implorar para ele sair de casa, ele levantou do sofá e saiu na maior frieza pela porta de frente de casa. Na hora tranquei a porta da sala e sai correndo para o quarto de algumas meninas.”, relatou a vítima.

As moradoras da casa acionaram a polícia que chegou a ir até o local.

“Os policiais nos trataram com o maior descaso, até chegaram a perguntar se eu estava bêbada e se não era um engano.”, desabafou a jovem.

Ela ainda relatou que foram ao Centro de Referência da Mulher e foram orientadas a abrirem o boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher e acionar a Guarda Municipal (199) se elas estiverem em risco novamente.

A jovem também fez um alerta para outras moradoras de repúblicas: “Meninas tomem muito cuidado, de verdade, confiram sempre se a casa está trancada e por mais triste e dolorido que seja falar isso, não andem sozinhas tarde da noite. Cuidem-se e cuidem umas das outras também!”, finalizou.

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes