Botucatu: HC tem mais de 100 profissionais afastados por Covid ou Influenza. Atendimento é afetado

O Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) divulgou que mais de 100 profissionais da saúde estão afastados com sintomas gripais por infecção da Influenza ou pela Covid-19.

Desta forma, o atendimento ao público está prejudicado pelo baixo número de profissionais atuantes. Em paralelo, o número de internações nos leitos da unidade aumentou, sendo 9 internados em leitos clínicos e 2 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo o último boletim epidemiológico.

Em nota, o HC informou que, inclusive, que está atuando acima da capacidade disponível e, por isso, está sem leitos para isolar pacientes com sintomas gripais.

De acordo com a diretora de assistência do HC, Dr.ª Erika Ortolan, nesse momento o hospital prioriza cirurgias essenciais, principalmente as oncológicas. Porém, continua recebendo pacientes com outras doenças, tanto de Botucatu, quanto de pacientes das 68 cidades da região e, por isso, a unidade não consegue mensurar o tempo de atendimento.

Botucatu ostenta a posição de líder absoluto no estado em cobertura da dose de reforço da vacina contra o coronavírus, segundo a Secretaria de Saúde. Além disso, a cidade conta com 94,3% de pessoas vacinadas com a primeira dose, segundo o Vacinômetro, pois passou por uma aplicação em massa após ter sediado estudo clínico para avaliar a eficácia da vacina AstraZeneca..

Porém com a alta taxa de transmissão da variante ômicron, o grande número de contaminações no município do centro-oeste paulista segue a tendência mundial. Entretanto, a imunização previne impacto de casos graves, internações e mortes.

TV TEM