Botucatu: Governador não irá rever a classificação de Botucatu neste momento, segundo o deputado Fernando Cury

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O governador João Dória não deverá rever a classificação atual de Botucatu no Plano São Paulo, que prevê a flexibilização das atividades econômicas em decorrência da pandemia de covid-19. A informação foi dada ao deputado estadual Fernando Cury (Cidadania), após reunião virtual realizada na tarde desta quinta-feira, 18 de junho.

O encontro serviu para debater questões quanto a investimentos e combate ao coronavírus no interior paulista. O deputado frisou sobre a entrega de dezenas de respiradores a hospitais da região. “Solicitei uma atenção especial para reavaliar a classificação de Botucatu de acordo com o Plano São Paulo, que teve a flexibilização de suas atividades reduzida em virtude de uma situação enfrentada por outros municípios”, frisou Cury.

“As medidas aqui adotadas surtiram efeito: fizemos a “lição de casa” e alcançamos bons resultados, com números de leitos credenciados e uma taxa de ocupação baixa, o que permite a retomada da rotina, desde que respeitadas as determinações apontadas pelas autoridades de saúde”, salientou o deputado.

Até esta quarta-feira, 18 de junho, Botucatu tinha 473 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, sendo que 149 moradores positivos da doença estão em isolamento doméstico. Ocorreram doze mortes e 310 recuperados. As taxas de isolamento social, tidas como essenciais para o chamado Plano SP, estão na faixa dos 40%, abaixo da média de 50% exigidos pelo governo do Estado.

Os constantes desempenhos abaixo da média estadual foi um dos motivos que fez com que a região de Botucatu fosse rebaixada no Plano São Paulo e tenha que adotar novas medidas restritivas, conforme previsto na Fase 2 (laranja), onde há maior rigidez no comércio e determinação de fechamento de bares, restaurantes, lanchonetes e academia, por exemplo.

“Sobre isso, o governador afirmou que nada pode ser feito até o dia 28 deste mês, data em que termina mais um período da quarentena, porém, a partir disso, esse pleito será levado para o Comitê Estratégico de Combate ao Novo Coronavírus para avaliação”, salientou Cury.

O deputado voltou a solicitar a desvinculação de Botucatu do Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS-VI), onde Botucatu teve a reclassificação no plano de flexibilização. Em 2018, o então governador Márcio França, candidato apoiado por Cury, anunciou a criação do Departamento Regional de Saúde XVIII, com sede na Cidade. No entanto, João Dória vetou a implantação do mesmo.

“Se essa estrutura funcionasse atualmente, não estaríamos atingidos hoje pela nova reclassificação, pois teríamos condições de seguir na zona amarela. O governador demonstrou ter mais clareza que essa descentralização é fundamental e se comprometeu a discutir os pontos após a pandemia, já que o momento exige esforços e concentração para combater a Covid-19”, disse Cury.

Notícias Botucatu

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes