Botucatu: Empresários irão protestar contra decisão do Prefeito em manter Cidade na Fase Vermelha e falam em demitir funcionários

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após a reunião do Prefeito de Botucatu, Mário Pardini, com alguns empresários selecionados pela Prefeitura e representantes de classes, no Teatro Municipal, neste domingo, 24, as redes sociais encheram de críticas e reclamações contra a decisão da Prefeitura em seguir o Decreto do Governo de São Paulo e manter a Cidade na Fase Vermelha, a mais restritiva.

Até o momento o Decreto Municipal não foi divulgado pela Prefeitura, sairá apenas na segunda-feira, 25, mas a Secretaria de Comunicação já informou que “possivelmente será fechado tudo a partir de amanhã, funcionando só nó delivery, com portas fechadas”, como informaram também os empresários que participaram da reunião.

Desta forma, na quarta-feira, 27, ocorrerá uma manifestação em frente à Prefeitura de Botucatu, às 14 horas. Os proprietários de bares, restaurantes e comércio destacaram que esperavam que o Prefeito fosse contrariar o Plano SP e permitisse a abertura dos estabelecimentos. Como isso não ocorreu, irão protestar e cobrar uma mudança de atitude.

De acordo com o grupo de empresários, se a Prefeitura não mudar de decisão, eles terão que iniciar uma leva de demissão de funcionários, em função do grande prejuízo que estão sofrendo e sofrerão mais uma vez.

Os funcionários que queiram participar do protesto, pela manutenção de seus empregos, também serão convidados à participar.

Os empresários também pedem que aumente o número de leitos e respiradores no HC de Botucatu, que atualmente conta com 30 leitos UTI Covid.

As medidas passam a valer a partir de segunda-feira, 25 de janeiro.

Veja o que fecha na fase vermelha:

  • Shopping centers galerias e estabelecimentos congêneres
  • Comércio (funciona apenas no Delivery)
  • Serviços em geral
  • Bares, restaurantes e similares (funciona apenas no Delivery)
  • Salões de beleza e barbearias
  • Academias e centros de ginástica
  • Eventos, convenções e atividades culturais, como cinemas e teatros
  • Concessionárias

Seguem funcionando, mediante protocolos de higiene e distanciamento

  • Atividades religiosas, como missas e cultos
  • Supermercados, padarias e açougues
  • Serviços de saúde, inclusive farmácias e clínicas, além de hospitais
  • Transportadoras, oficinas de automóveis e motos, postos de gasolina
  • Serviços de transporte público
  • Bancos
  • Pet shops.

LEIA MAIS: Botucatu: Prefeito define que a Cidade deverá seguir Fase Vermelha, após reunião com empresários. Comércio, bares, restaurantes e serviços não poderão abrir

Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes