Botucatu começa qualificação gratuita de 210 pessoas, em parceria com o Estado

Tiveram início na segunda-feira (12), em Botucatu, os cursos profissionalizantes do Via Rápida, programa de qualificação do Governo do Estado, em parceria com a Universidade do Trabalhador e Empreendedor (Unite). As aulas acontecem em unidades móveis instaladas nos bolsões do Centro Histórico da Cidade nos três períodos do dia: manhã, tarde e noite.

São um total de 210 pessoas inscritas e que até o dia 7 de outubro receberão conteúdo teórico e prático para as seguintes atividades profissionais: Corte e Costura, Panificação, Manipulador de Carnes, Manicure e Pedicure, Assistente de Cabeleireiro, e Maquiagem. Tudo de forma gratuita. Caso algum aluno inscrito não compareça até esta quarta-feira (14), outra pessoa da lista de espera poderá ser chamada.

“Nós procuramos dar cursos em todas as áreas, mas buscamos com o Via Rápida trazer cursos que pudessem capacitar pessoas para exercer profissão não só de carteira assinada, mas com a iniciativa dela mesma prestar serviços e conseguir renda nesse período tão difícil do mercado de trabalho recessivo. Através da Unit estamos oferecendo cursos consecutivamente. Até o fim deste ano devemos chegar numa marca de 1,3 mil a 1,4 mil certificações”, informa o secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Carlos Costa.

Aqueles que se inscreveram e já participaram das primeiras aulas se mostraram com a esperança renovada em poder aprender ou aperfeiçoar uma atividade profissional. É o caso de Vânia Campos Souza Cardoso, 31 anos, que está fazendo o curso de Corte e Costura. Mesmo desempregada há dois anos, ela enxergou a possibilidade de se recolocar no mercado de trabalho.

“Gostei por ser um curso rápido e por ser de graça, o que uma mão na roda pra mim que estou desempregada. Tenho experiência com costura e posso aperfeiçoar ainda mais a minha técnica, pra poder aumentar a renda e ajudar pouco mais em casa. Tenho três crianças, então no mínimo, dá até pra fazer roupa pra eles, o que já é um jeito de economizar”, diz.

Sobre qualificação profissional em Botucatu

A Prefeitura de Botucatu, sob a gestão do prefeito João Cury Neto, tem adotado desde 2009 uma política específica na área do trabalho e renda e que estão reunidas dentro do programa Todos pelo Emprego. 

Uma das ações é justamente o investimento em qualificação da mão de obra. Em quase oito anos, o Poder Público Municipal já aplicou cerca de R$ 1 milhão em cursos de qualificação, beneficiando mais de 5 mil pessoas em diferentes áreas de atuação como indústria, construção civil, comércio e serviços.  

Um dos principais braços desta grande “rede do bem pró-emprego” tem sido a UNITE, hoje vinculada à Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação. Criada em dezembro de 2011, ela oferece cursos de qualificação profissional, totalmente gratuitos, de acordo com as demandas apresentadas pelo mercado de trabalho do Município.  

Os cursos ofertados pela Prefeitura de Botucatu buscam atender, principalmente, pessoas que estejam desempregadas, com maior idade, baixa escolaridade, mulheres arrimo de família e pessoas com maiores encargos familiares. A UNITE também atende a públicos específicos tais como pessoas com deficiência e de baixa renda encaminhadas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP) são os principais parceiros na realização dos cursos.

Mais informações

Universidade do Trabalhador e do Empreendedor

E-mail [email protected]

Facebook: www.facebook.com /UNIT-Universidade-do-Trabalhador

Tel.: (14) 3814-7346

Fonte: Prefeitura de Botucatu

Scroll Up