Botucatu: Com Comércio e Restaurantes fechados há 10 dias, números da Covid aumentaram na Cidade. Foram mais de 800 novos casos; confira

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Nesta quarta-feira, 03 de janeiro, completa 10 dias que o Prefeito Mário Pardini, de Botucatu, confirmou que a Cidade iria seguir as normas do Plano São Paulo, de combate à Covid-19, do Governo de São Paulo, e adotou a Fase Vermelha, que a Região de Bauru, onde Botucatu está inserida, foi classificada.

No Decreto Municipal, Botucatu foi ainda mais restritiva com o comércio em relação ao Governo Estadual, permitindo apenas o trabalho com delivery, proibindo a venda pelos sistemas de Drive e Take Away (Retirada), com a justificativa que era o momento de diminuir a circulação da população na Cidade.

Nestes 10 dias com o Comércio fechado, bares e restaurantes trabalhando com restrições, além de outros setores impedidos de trabalhar, os números da Covid-19 em Botucatu apenas subiram.

Na noite do dia 24 de janeiro, domingo, Botucatu totalizava 5721 casos positivos de Covid-19 entre seus munícipes. No Boletim emitido na noite desta última terça-feira, foi divulgado que a cidade conta com 6524 casos confirmados, totalizando um aumento de 803 novos casos em 10 dias, uma média de mais de 80 novos casos por dia.

Em relação a leitos de UTI, no dia 24 de janeiro, a ocupação de leitos de UTI Covid no Hospital das Clínicas estava em 97% (29 dos 30 leitos ocupados). Dez dias após as restrições impostas, a porcentagem passou para 103% nesta quarta-feira, 03, com 31 dos 30 leitos ocupados (o HC está adaptando um leito a mais para receber o paciente).

Na rede privada a situação é a mesma. No Dia 24 de janeiro, a Prefeitura divulgou uma ocupação de 40% dos leitos de UTI (4 dos 10 ocupados). Dez dias depois, a ocupação subiu para 70%, com 7 dos 10 leitos ocupados.

No comparativo entre os dados de botucatuenses internados, no dia 24 de janeiro, segundo a Prefeitura, eram 41, com 33 no HC e 8 na Unimed. Atualmente são 50, com 42 no HC e 8 na Unimed.

Moradores de Botucatu em UTI, no dia 24 de janeiro eram 13 (12 no HC e 1 na Unimed). Hoje, segundo a Prefeitura, 10 dias após as restrições impostas pela Fase Vermelha do Plano SP, são 21 botucatuenses em UTI (17 no HC e 4 na Unimed).

No comparativo de munícipes que já testaram positivo para Covid e estão internados nos hospitais da Cidade, no dia 24 de janeiro eram 23. Hoje, segundo a Prefeitura, são 40, uma diferença de 17, quase o dobro.

 O número de mortes de moradores de Botucatu também subiu consideravelmente neste período de 10 dias. No dia 24 eram 70 óbitos de botucatuenses, nesta quarta-feira, 03, são 81.

Há 10 dias, Botucatu contava com 515 moradores em quarentena domiciliar. Atualmente são 595 nesta situação, cumprindo isolamento.

De acordo com os médicos infectologistas, os sintomas da Covid-19 aparecem nas pessoas entre o terceiro dia da contaminação e o 14º, com maior incidência nos 7 primeiros dias.

Comparativo:

OCUPAÇÃO DE UTI NO HC:

Dia 24 de janeiro: 97% (29 dos 30 leitos)

Dia 03 de fevereiro: 103% (31 dos 30 leitos)

OCUPAÇÃO UTI UNIMED:

Dia 24 de janeiro: 40% (04 dos 10 leitos)

Dia 03 de fevereiro: 70% (07 dos 10 leitos)

BOTUCATUENSES INTERNADOS:

Dia 24 de janeiro: 41

Dia 03 de fevereiro: 50

BOTUCATUENSES EM UTI:

Dia 24 de janeiro: 13

Dia 03 de fevereiro: 21

BOTUCATUENSES POSITIVOS INTERNADO:

Dia 24 de janeiro: 23

Dia 03 de fevereiro: 40


CASOS POSITIVOS:

Dia 24 de janeiro: 5721

Dia 03 de fevereiro: 6524

MORTES:

Dia 24 de janeiro: 70

Dia 03 de fevereiro: 81

EM QUARENTENA:

Dia 24 de janeiro: 515

Dia 03 de fevereiro: 595

Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes