Botucatu: Casa noturna causa transtorno para os moradores no Centro e aglomeração durante a pandemia

Em Botucatu, uma casa noturna na Avenida Santana, no Centro, tem atormentado a vizinhança com aglomeração e som alto.

___________________________________

Leia Mais: Botucatu: Moradores do Jd. Brasil e Cohab 4 sofrem com perturbação do sossego público; festas promovem aglomeração

___________________________________

O local que já foi lacrado pela Prefeitura em 2018, por falta de alvará adequado para atividades como “baladas”, é motivo de problema para os vizinhos há anos.

O prédio antigo não tem um sistema de acústica adequado e o som durante a madrugada afeta o sono dos moradores. Os frequentadores acabam urinando nos portões das casas e deixando muita sujeira na região nas noites de festa. “Tinha gente tossindo, espirando de madrugada, embaixo da minha janela”, afirmou uma moradora idosa e do grupo de risco.

Para agravar ainda mais a situação, no último final de semana, houve aglomeração dos frequentadores. Situação chamada pelos especialistas de evento “super-disseminador”, diante da Pandemia da Covid-19.

Um abaixo-assassinado feito por moradores e comerciantes da região já foi entregue no setor responsável da Prefeitura. Uma moradora que mora muito próximo do local, relatou que no último final de semana denunciou as atividades da casa noturna para a Secretaria de Saúde e para a GCM ” Ninguém que pudesse fiscalizar apareceu.”, lamentou a moradora.

Já os comerciantes lamentam a falta de conscientização. ” As pessoas estão abusando da falsa sensação de controle da doença. Vamos acabar com as portas fechadas novamente se eventos assim não forem controlados”, afirmou o dono de um restaurante.

Plano SP proíbe eventos com aglomeração

Botucatu permanece na fase amarela do Plano SP. De acordo com a fase atual eventos com aglomeração de pessoas não é permitido.

Na última coletiva do Governo de SP todas as 645 cidades do estado de São Paulo não têm autorização até segunda ordem pra qualquer tipo de evento com aglomerações.

Isso inclui desde velórios com mais de 10 pessoas a festas de casamento, passando por shows, festas de aniversário, baladas e encontros familiares com reunião de pessoas.

Leia NotíciasFoto original do evento enviada por uma das frequentadoras da casa noturna