Botucatu: Cães resgatados ainda não estão disponíveis para adoção. Eles estão passando por atendimento veterinário e deverão ser castrados

De acordo com o Delegado Seccional de Botucatu, Dr. Lourenço Talamonte, os mais de 50 cães que foram resgatados nesta terça-feira, 21, de um criadouro clandestino na Vila dos Lavradores, em Botucatu, ainda não estão disponíveis para adoção.

Os animais, a maioria das raças Spitz Alemão e Maltês, foram resgatados após diversas denúncias feitas a DEPA (Delegacia Eletrônica de Proteção Animal), em uma ação da Polícia Civil e da Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu, de uma residência.

Os cães estavam em um local com espaço reduzido, sem higiene com muitas fezes e urina espalhadas pelo chão. Alguns estavam doentes e apáticos.

Todos foram levados para atendimento veterinário, onde passarão por exames. Aqueles que necessitarem passarão por tratamento. A mulher de 63 anos, proprietária do criadouro clandestino, foi presa em flagrante por praticar atos de maus-tratos contra cães segundo a Lei de Crimes Ambientais.

Esses animais ainda deverão ser chipados e castrados, para depois serem colocados à adoção responsável, que deve ficar sob fiscalização do Canil Municipal. O início da adoção deverá ser previamente divulgado.


Quer adotar um animalzinho?

No Canil Municipal de Botucatu dezenas de cães e gatos estão esperando por um novo lar. São animais que, em algumas situações, foram resgatados, tratados e agora esperam ansiosamente por uma família.

Clique aqui e veja os animais disponíveis para adoção no Canil Municipal.

A ONG Liga do Bem também conta com diversos animais para adoção. No Shopping Botucatu, inclusive, há o espaço “Doa-se amor”, para adoção de gatos.

Acompanhe a Liga do Bem através da sua página no Facebook.



Jornal Leia Notícias