Botucatu: Mais de 50 cães são resgatados e dona de “criadouro clandestino” é presa em flagrante

Uma mulher de 63 anos foi presa em Botucatu nesta terça-feira, 21, por maus tratos a animais, na Vila dos Lavradores.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, após diversas denúncias feitas a DEPA (Delegacia Eletrônica de Proteção Animal), a equipe da Polícia Civil e da Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu foram até a residência e encontraram mais de 50 cães, a maioria da raça Spitz Alemão e alguns maltês.

No local, a médica veterinária designada pela Polícia e Vigilância apontou que os cães estavam sofrendo maus tratos, em um espaço muito reduzido, sem higiene, com muitas fezes e urina espalhadas pelo chão.

A veterinária constatou que os animais estavam doentes, apáticos. Ainda no local, foi encontrada uma cadela gestante.

Foi caracterizado que o local era utilizado para venda de filhotes.

Todos os cães foram resgatados e levados para atendimento veterinário. A mulher de 63 anos foi presa em flagrante praticar ato maus-tratos contra cães segundo a Lei de Crimes Ambientais. Por ser crime inafiançável, foi recolhida à Cadeia de Cesário Lange.

Esse mesmo local já havia sido alvo de ação e denúncia há 10 anos e mais de 130 animais foram recolhidos. Na época, ela não foi presa. Grande parte desses cães foi eutanasiada.

Jornal Leia Notícias