Botucatu: Apesar de pedidos do Comércio, Prefeitura nega vendas pelo Drive na próxima semana

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Os empresários viviam a expectativa de uma semana melhor em Botucatu, com alguma mudança por parte da Prefeitura no sistema de vendas durante a Fase Vermelha do Plano São Paulo de combate à Covid-19.

Porém, neste sábado, 30, as expectativas foram frustradas pelas respostas dadas pelo Prefeito Mário Pardini, em evento realizado no Teatro Municipal, e terão que aguardar mais uma semana na mesma situação.

A presidente do Sincomercio, Fátima Baldini, pediu que o Prefeito permitisse, pelo menos, o sistema de Drive-Thru nesta semana, como é permitido pelo Governo de São Paulo, assim como o Take Away (retirada), mas proibido pelo Decreto Municipal, que se tornou mais restritivo que o Estadual.

A resposta do Prefeito Mário Pardini para a presidente do Sincomercio foi negativa. Ele não permitirá nesta semana o Drive ou a Retirada. De acordo com o Prefeito, durante esta semana serão realizadas reuniões, para que seja avaliada a possibilidade desse tipo de flexibilização a partir da semana seguinte, do dia 8 de fevereiro. Depois, se aprovado o pedido, ele pretende “dividir a responsabilidade” de fiscalização com os comerciantes e entidades.

Desta forma, o Comércio de Botucatu poderá funcionar apenas nos sistemas de vendas online e delivery na próxima semana. Essa decisão não agrada parte dos comerciantes.

“Desta forma não teremos dinheiro para pagar os funcionários dia 7. Aqui em Botucatu está mais proibido do que o Governador está mandando. Não consigo entender essa avaliação, mas a culpa sempre é do comércio. Enquanto isso as pessoas estão aglomerando em casas, no Lageado, no Ginásio. As industrias seguem lotadas e disso ninguém fala nada”, desabafou um empresário da Rua Amando.

Outro lojista, da Vila dos Lavradores, também reclamou. “Mais uma semana não vamos aguentar. Meus clientes, muitos têm mais idade, eles não compram pela internet ou fazem encomendas. Eles vem até a loja e compram, como sempre fizeram. Se pudesse entregar na porta o produto já resolveria e não perderia as vendas. Com essa situação, sem dinheiro, como vamos fazer campanhas publicitárias para divulgar nossos sites ou telefones para o delivery? O Drive já nos ajudaria, mas estamos sem ajuda mesmo”, disse.

Na última quarta-feira, 27, um grupo de empresários fez um protesto pacífico na frente da Prefeitura. Eles receberam a promessa de uma reunião com o Prefeito Mário Pardini, mas ainda não foram recebidos.

Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes