Blog do Liceu Botucatu: A importância do treinamento funcional

Hoje em dia, sabe-se através de estudos e artigos, que os principais problemas de saúde são decorrentes principalmente do sedentarismo.


A necessidade de se fazer alguma atividade física para evitar riscos a saúde é enorme.
Um dos métodos que vem conquistando um espaço cada vez maior dentro da sociedade é o Treinamento Funcional. Este visa conciliar os benefícios da atividade física com a satisfação psicológica do praticante, pois foge dos métodos tradicionais de exercícios resistidos.


Praticado em um ambiente especial para essa atividade, o Treinamento Funcional surge como forma de aprimorar movimentos que normalmente são realizados no dia-a-dia, como um simples ato de descer e subir escadas, sentar e levantar da cadeira, carregar sacolas de compras, e muitas outras atividades cotidianas.
Não existe restrição para a prática dessa atividade, desde que o aluno esteja em condições físicas saudáveis para sua realização. Atletas, esportistas e pessoas normais que buscam apenas a melhora na saúde, podem praticar o treinamento Funcional.


Partindo do princípio da Mobilidade e Estabilidade articular, o método visa a preservação da articulação, e o fortalecimento da musculatura, duas estruturas corporais que são a base para todos os movimentos, seja ele um agachamento, um simples ato de levantar de um sofá ou de uma cadeira, levantar os braços para guardar algo sobre o armário e muitos outros movimentos realizados no dia-a-dia.


O treinamento Funcional auxilia as pessoas que buscam saúde e desempenho esportivo. É um método que melhora o condicionamento físico, além de proporcionar saúde aos praticantes.


Pessoas que sofreram lesões, por qualquer que seja a circunstância, podem, no momento certo de sua recuperação, buscar o Treinamento Funcional como uma ferramenta eficiente para sua reabilitação.


O Treino é realizado com a utilização de alguns instrumentos não convencionais, como plataformas instáveis, elásticos que geram resistências, Kettlebells, anilhas e halteres, cordas, bolas suíças, correntes. Dessa maneira, essa atividade gera uma certa motivação psicológica, já que ideia é priorizar exercícios livres, que não necessitam de apoio ou maquinário para sua realização, fugindo assim, dos métodos mais tradicionais. O treino pode ser feito de forma individualizada ou em grupo, em forma de circuito, que intercalam segmentos do corpo entre um exercício e outro, em forma de Treinamento Intervalado, onde trabalha-se em alta intensidade, intercalando com alguns períodos de baixa intensidade.

Benefícios Físicos


Melhora da coordenação motora, do equilíbrio, da concentração, força muscular, mobilidade e estabilidade articular, flexibilidade, agilidade, velocidade e resistência. Além disso, o fato de os exercícios serem realizados de forma “livre”, faz com que musculaturas mais intrínsecas (internas) se fortaleçam aumentando assim a estabilidade do corpo, principalmente da região do tronco, o que evitaria assim, problemas sérios na região da coluna, que acometem grande parte da população.

Benefícios à saúde


Melhora da circulação sanguínea, evitando doenças cardio-vasculares, como a hipertensão. Melhora do sistema Cardio-respiratório, melhora estética com a redução da gordura corporal, previne o aumento do colesterol sanguíneo, regula as taxas hormonais, aumento da massa magra (músculos) e melhora da postura correta.
É importante ressaltar que a atividade física não faz milagres, mas é um passo primordial para quem busca uma vida mais saudável e feliz. Associado com uma alimentação balanceada, os resultados veem com mais rapidez e com isso a motivação do praticante só aumenta.
Lembrem-se: A orientação de um profissional de Educação Física é essencial para a realização de qualquer atividade. É ele quem vai te orientar da melhor forma possível pela busca do seu objetivo, seja na questão estética, na reabilitação pós cirúrgica, na melhora das condições cárdio-vasculares e cárdio-respiratória, além de melhorar o desempenho de esportistas e atletas de alto rendimento.

Bons treinos e muita saúde à todos.

Autor: Marco Aurélio (Educação Física)

Quer mais conteúdo? Acesse o Blog do Liceu Botucatu

Scroll Up