Bebê de 3 meses morre em deslizamento de terra; mãe foi tirada dos escombros com vida, na Grande SP

Uma mulher e o seu bebê de três meses foram soterrados em um deslizamento de terra provocado pelas chuvas em Itapevi, na Grande São Paulo, na noite deste domingo (30). Ela foi retirada com vida dos escombros, mas o menino não resistiu e morreu.

Quatro casas foram atingidas por deslizamento de terra, em Itapevi (Foto: Indianara Campos/TV Globo)

De acordo com testemunhas, as vítimas estavam na casa de amigos para um jantar. Além do bebê, que completaria quatro meses nesta quarta (2), e de sua mãe, que tem 27 anos, estava o companheiro dela e mais cinco pessoas que moravam na casa, localizada no Jardim Ruth.

O deslizamento ocorreu por volta das 21h, em decorrência das fortes chuvas que atingiam a região. Os presentes ouviram um barulho forte no telhado e correram para deixar a casa. A mulher, que estava na cozinha, e o bebê, que dormia no quarto, foram soterrados.

A Defesa Civil está fazendo levantamento da área onde ocorreu o deslizamento de terra, em Itapevi — Foto: Indianara Campos/TV Globo
A Defesa Civil está fazendo levantamento da área onde ocorreu o deslizamento de terra, em Itapevi — Foto: Indianara Campos/TV Globo

Quatro viaturas do Corpo de Bombeiros trabalharam no resgate. A mulher logo foi localizada e encaminhada ao Hospital Geral de Itapevi.

O bebê só foi localizado por volta das 5h desta segunda-feira (31). Ele foi encaminhado ao hospital, onde foi constatado o óbito.

O deslizamento ainda atingiu outras três casas da região, que foram interditadas pela Defesa Civil municipal.

Estado de emergência

A Prefeitura de Itapevi decretou estado de emergência nesta segunda-feira (31) e todas as equipes da Defesa Civil, Infraestrutura, Guarda Municipal e Zeladoria estão empenhadas para atender as ocorrências do município.

No momento, há 180 residências em situação de risco e e 16 imóveis interditados. Eles estão sendo monitoradas pela Defesa Civil. De acordo com a Prefeitura, as famílias em área de risco recebem aluguel social no valor de R$ 800.

Fonte: G1