Ave rara, falcão-relógio é avistado no Horto de Tupi, em Piracicaba

O falcão-relógio, espécie rara na região, foi uma das surpresas para as 20 pessoas que participaram de atividade de observação de pássaros, realizada pela Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Instituto de Pesquisas Ambientais, Fundação Florestal, Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA/Esalq/USP e Grupo de Estudos e Observação de Piracicaba (GEOP), no Horto de Tupi, em Piracicaba (SP).

Falcão-relógio (Micrastur semitorquatus) foi registrado no Horto de Tupi durante observação de espécies (Foto: Kristina Pereira/G1)

A atividade Observando as Aves, ligada ao programa Vem pro Horto, foi realizada no domingo (17), capitaneada pelo biólogo e guia de observação de aves, Valdir Felipe.

Durante a atividade foram avistadas 58 espécies de aves, como a saíra-ferrugem, a peitica, o gavião-belo, o pitiguari, a mariquita, o pula-pula, o sabiá-barranco, o garibaldi, além do falcão-relógio.

A espécie Gavião-Belo (Busarellus nigricollis) também foi clicada no Horto de Tupi  — Foto: Kristina Pereira
A espécie Gavião-Belo (Busarellus nigricollis) também foi clicada no Horto de Tupi (Foto: Kristina Pereira/G1)

O falcão-relógio é grande e esguio e mais escutado do que visto. É encontrado em florestas tropicais, incluindo áreas semiabertas com árvores grandes. Seus hábitos incluem a caça desde a copa até o chão, geralmente cantam no alto das árvores. Tem longas pernas amarelas e a cauda longa e arredondada, com barras finas e brancas.

O registro do falcão-relógio foi feito pela contadora e fotógrafa amadora Maria Cristina Pereira, 58 anos, que esteve no Horto pela primeira vez. Registrar fotos de pássaros é uma atividade constante para Maria Cristina, que tem registro oficial como observadora e fotógrafa de aves.

Para o registro de aves ela usa uma Canon EOS 5DS, lente Sigma 300A600. “O Horto é sempre uma surpresa nas passarinhadas, mas era um sonho ver e fotografar (o falcão-relógio), daí eu avistei. Foi numa fração de segundos e ali estava ele, lindo”, comemora.

“A observação de aves está crescendo. As pessoas estão percebendo que há muitas espécies de aves diferentes. E os cidadãos piracicabanos são privilegiados, pois o município conta com mais de 350 espécies diferentes de aves”, relata Valdir Felipe.

Saíra-ferrugem (Hemithraupis ruficapilla) também foi registrada pelo grupo — Foto: Kristina Pereira
Saíra-ferrugem (Hemithraupis ruficapilla) também foi registrada pelo grupo (Foto: Kristina Pereira/G1)

A lista completa das espécies observadas no dia 17/10 está disponível no link.

Vem Pro Horto

O programa Vem pro Horto conta com atividades sempre aos finais de semana, voltadas a toda a comunidade, que são realizadas com diversos parceiros, incluindo instituições da sociedade civil e pessoas voluntárias interessadas em desenvolver esse trabalho conjunto. As ações podem ser consultadas no endereço.

Fonte: G1 – Foto: Kristina Pereira/G1

Scroll Up