Argentina prolonga até outubro medidas de isolamento contra a Covid-19

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O governo da Argentina decidiu nesta sexta-feira (18) estender até 11 de outubro as medidas de isolamento social para enfrentar a pandemia de Covid-19 no país. A Grande Buenos Aires, porém, inicia uma abertura progressiva após estabilização no número de casos de novo coronavírus na capital.

A Argentina começou o confinamento em 20 de março e cada província vem abrandando ou aumentando as restrições, dependendo da velocidade das infecções.

Em Buenos Aires, que registra em média 1,1 mil casos por dia, a atividade gastronômica em pátios e varandas, as obras em fase de conclusão e os atendimentos médicos não urgentes em hospitais serão liberados a partir de segunda-feira.

As aulas e os shows continuarão suspensos. As fronteiras serão mantidas fechadas, exceto para repatriações.

Melhora na capital, piora em outras regiões

Homem passeia de máscara em frente a estabelecimento de portas fechadas em Buenos Aires, na Argentina, na quarta-feira (26) — Foto: Ronaldo Schemidt/AFP
Homem passeia de máscara em frente a estabelecimento de portas fechadas em Buenos Aires, na Argentina (Fotos: Reprodução)

Durante os primeiros meses, os casos de coronavírus se concentraram em Buenos Aires, mas por várias semanas a doença se espalhou para as províncias — Jujuy, Mendoza, Río Negro, Santa Cruz, Tierra del Fuego e Santa Fe são as que mais registraram aumento nos últimos 15 dias.

A Argentina acumula mais de 600 mil infecções pelo novo coronavírus. O total de mortos por Covid-19 no país passa de 12 mil.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes