Após 10 semanas de quedas, contágios por Covid-19 aumentam na Europa

Os casos de Covid-19 aumentaram na Europa após 10 semanas consecutivas de retrocesso do número de contágios, anunciou nesta quinta-feira (1º) a Organização Mundial da Saúde (OMS), que fez um alerta sobre uma nova onda do vírus.

“Na semana passada, o número de casos subiu 10% devido ao aumento dos contatos, das viagens e do fim das restrições sociais. Uma nova onda acontecerá na região, exceto se continuarmos disciplinados”, afirmou Hans Kluge, diretor da OMS para a região, que inclui 53 países e territórios.

“As mudanças são parte de uma situação que evolui rapidamente, devido a uma nova variante preocupante, a delta (que foi originalmente identificada na Índia), em uma região onde, apesar dos esforços consideráveis dos Estados membros, milhões de pessoas ainda não estão vacinadas”, disse Kluge.

A variante delta do coronavírus, especialmente contagiosa, representará 90% dos casos na União Europeia até o fim de agosto, previu na semana passada o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, na sigla em inglês).

A OMS Europa teme que a variante seja “dominante” até agosto no continente.

Cepa mais transmissível

A variante, detectada pela primeira vez na Índia, é entre 40% e 60% mais transmissível que a cepa alfa, de acordo com cientistas. As pesquisas mostram que apenas uma dose da vacina contra a Covid não é suficiente.

Em agosto, a região Europa da OMS “não estará totalmente vacinada (63% das pessoas da área ainda aguardam a primeira dose) e teremos poucas restrições em vigor, as viagens e reuniões aumentarão”, advertiu a organização.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up