Adriano Imperador, pego em Operação Lei Seca, tem 55 multas vencidas

Adriano Leite Ribeiro, de 33 anos, o Imperador, é um craque em levar multas. O jogador, que foi parado numa blitz da Operação Lei Seca na noite desta quinta-feira e se recusou a fazer o teste do bafômetro, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, estava com o direito de dirigir suspenso ao ser abordado pelos agentes. Não é para menos. Uma rápida consulta ao sistema de do Detran mostra que há 55 multas vencidas vinculadas ao CPF de Adriano, que somam o valor de R$ 7.323,19. Isso sem contar as infrações já quitadas e aquelas que foram transferidas para outros CPFs.

As infrações que constam no sistema foram registradas em quatro carros diferentes: dois Porsche Cayenne S (um com placa do Rio e outro de São Paulo), uma Mercedes Benz CLS, e um BMW M6 Gran Coupé. A maioria das multas foi registrada na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, a mesma via onde o jogador foi parado na noite desta quinta-feira.

Das 55 infrações, 13 foram por transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 50%, o que é classificado como infração gravíssima e, de acordo com o artigo 218 do Código de Trânsito, tem como penalidade a suspensão imediata do direigo de dirigir e a apreensão do documento de habilitação.

Ao expandir a consulta para as multas registradas com a placa de cada um dos quatro veículos, os números são ainda mais assustadores.

carro-adriano-imperador-2-041215

O carro em que Adriano estava ao ser abordado na blitz da Lei Seca, nesta quinta-feira, é um BMW M6 Gran Coupé, da cor marrom, ano 2014. Nos últimos quatro meses, o veículo levou 14 multas, sendo que três delas estão no CPF de Adriano. No dia 12 de outubro, feriado de Nossa Senhora Aparecida, o imperador devia estar com pressa: excedeu a velocidade em mais de 50% do permitido na Avenida das Américas, no sentido São Conrado.

O Porsche Cayenne com placa do Rio também acumula diversas multas. Em dezembro de 2013, o carro foi multado cinco vezes seguidas, em intervalos de minutos, na Avenida Lúcio Costa, também na Barra. Todas as infrações foram por excesso de velocidade e somaram um total de R$ 1.583,40. A mais grave foi a em que o Porsche foi flagrado a 125 km/h num trecho onde a velocidade máxima permitida era de 60 km/h. As cinco multas já foram pagas.

Confusões

Esse ano, Adriano já se envolveu em pelo menos duas confusões por causa de irregularidades com seus carros. Em maio, a Mercedes dele foi apreendida por policiais militares do 22º BPM (Maré), em Higienópolis, na Zona Norte do Rio, porque o motorista, que na ocasião disse ser um amigo do jogador, dirigia sem habilitação.

Em fevereiro, o Imperador foi parado numa blitz da Lei Seca com a mesma Mercedes sem placa. Questionado pelos agentes, ele informou que a placa do automóvel havia sido roubada.

A assessoria de imprensa de Adriano afirmou, em nota, que o jogador não vai se pronunciar a respeito das multas.

carro-adriano-imperador-3-041215

multas-adriano-041215

Fonte: Extra

Scroll Up