Adolescente de 13 anos é investigado por atear fogo no rosto de colega em Taquarituba

A Polícia Civil de Taquarituba (SP) está investigando um adolescente de 13 anos suspeito de atear fogo no rosto de um colega, de 14, na terça-feira (5).

Um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado nesta quarta-feira (6). De acordo com a polícia, os dois envolvidos eram jovens aprendizes em uma cutelaria, oficina de confecção de facas, e tiveram um conflito por causa de ciúme.

Segundo o boletim de ocorrência, o jovem de 13 anos ateou fogo em um pano com álcool e o jogou no rosto da vítima, jogando mais álcool no corpo do adolescente em seguida. Ao perceber que estava em chamas, ainda conforme o BO, a vítima entrou na casa, tirou a camiseta e jogou água no corpo para tentar apagar o fogo.

O Samu foi acionado e levou o adolescente até o pronto-socorro. Ele ficou internado com ferimentos, mas já tinha recebido alta nesta quinta-feira (17).

O suspeito fugiu do local após o crime e está sendo investigado por lesão corporal grave. O Ministério Público informou que acompanha o caso.

Fonte: G1

Scroll Up