A qualidade do seu sono também depende do colchão

Passamos cerca de 1/3 de nossas vidas dormindo. Para garantir um bom funcionamento do organismo, fortalecer o sistema imunológico, ativar a memória, descansar a musculatura e encarar a rotina com bom humor, é preciso ter qualidade no sono. Mais do que dormir 8 horas por noite, é preciso dormir bem, o que inclui o uso de roupas de cama limpas, travesseiros confortáveis e, claro, um ótimo colchão.

  • Você tem acordado com dores nas costas todos os dias?

Eventualmente dormimos de mau jeito e acordamos com dores, mas se isso acontece todos os dias, a culpa pode ser do seu colchão. Comece a reparar como você tem se sentido ao acordar. Se pela manhã você tem dores nas costas e essas dores costumam aliviar com passar do dia, está na hora de trocar o seu colchão.

  • O seu colchão está visivelmente desgastado?

A aparência do seu colchão também está reprovável? Então cogite a possibilidade de trocar o seu colchão o quanto antes. Caso ele esteja com irregularidades na superfície, tenha rasgos, manchas, deformidades e afundamentos na parte central, ligue o sinal de alerta. Já passou da hora de dar adeus ao colchão velho e boas-vindas ao colchão novo.

  • Ele tem mais de uma década de uso

Não tem jeito! Por mais que você cuide bem do seu colchão, aspire-o semanalmente, use capas protetoras contra ácaro e umidade, inevitavelmente ele sofrerá com a ação do tempo. Todo colchão, por melhor que seja, tem vida útil que varia entre cinco e 10 anos. Caso seu colchão tenha mais de uma década de uso, esse é o momento de aposentá-lo de uma vez por todas.

Lembre-se que com o passar do tempo, o material do colchão se deteriora e ele acumula milhões de ácaros que comprometem a higiene da peça e podem provocar reações alérgicas e problemas respiratórios. Um colchão novo afasta essas ameaças à sua saúde.

  • Você notou mau cheiro e ruídos?

Características como molas que rangem, cheiro de mofo e ruídos, são comuns em colchões velhos e também são sinais de que você deve trocar o seu colchão. Infelizmente, mais de 80% dos brasileiros tem o hábito de dormir em colchões vencidos. Não faça parte dessa estatística. Se o seu colchão apresentar as características citadas acima, não hesite em trocá-lo imediatamente.

Jornal Leia Notícias

Scroll Up