5 dicas de roupas para quem pratica atividades física em casa

Conforto é o fator principal a ser considerado na hora de escolher as peças.

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

As academias e espaços de exercícios coletivos foram obrigados a fechar, por isso, muita gente adaptou uma rotina de exercícios no ambiente doméstico. E a dúvida na hora do que vestir acabou aparecendo, afinal, o top de sustentação também precisa ser usado dentro de casa?

O fato é que as mesmas roupas que você usava na academia podem ser usadas na sua residência, mas o conforto agora é ainda mais importante. Dá para abrir mão de alguns materiais e tecidos, e tudo varia com o tipo dos seus exercícios. Confira como escolher as melhores peças para treinar na sua sala, quarto ou varanda.

1.  Calças e shorts de moletom

As peças de moletom caíram no gosto até mesmo de quem não gostava do tecido antes da quarentena. Oferecendo maleabilidade e extremo conforto, as calças e shorts de moletom são uma escolha perfeita para se exercitar em casa.

No caso das mulheres, os shorts são ótimos para quem pratica algum tipo de luta, como boxe ou muay thai. O moletom pode ser encontrado em diferentes grossuras, e quanto mais fino, mais liberdade de movimento ele vai te dar.

Para quem pratica esteira ou outra atividade mais “leve”, pode recorrer às calças de moletom, tanto em modelos mais justos como mais largos. Elas deixam o ar circular e ajudam em dias mais frios, principalmente para quem gosta de se exercitar pela manhã.

2.  Lycra®

A lycra® é um dos tecidos mais usados em roupas esportivas, porque se ajusta perfeitamente ao corpo, quase como uma segunda pele. As famosas leggings são indicadas para quem pratica yoga ou qualquer outro exercício que envolva alongamento. Além das calças, os shorts de lycra® são ótimos para os dias mais quentes, e para quem gosta de praticar dança.

Os tops acabaram ficando meio de lado, seja por conta da opção de não precisar usar nada que prenda os seios, seja pela facilidade de usar o sutiã convencional como sustentação. Mas se você prefere usar um top ao invés de uma camiseta, por exemplo, vá com tudo!

3.  Meias

Sim, elas são importantes até mesmo nos treinos domésticos. Os praticantes de yoga e outros exercícios de alongamento muitas vezes optam por praticá-los descalços, pois a prática trabalha o equilíbrio desde a sola dos pés, e normalmente eles recorrem a tapetes.

Agora, se você pratica corrida, caminhada ou qualquer outro tipo de treino mais pesado, saiba que as meias são essenciais. Os modelos comuns são indicados para protegerem os pés do atrito com o seu tênis, que pode ocasionar vermelhidão, ou até mesmo calos e pequenos cortes.

Existem ainda os modelos anatômicos, que abraçam os dedos dos pés e podem substituir o uso de tênis. Vai do gosto de cada um, mas o fato é que ambos oferecem conforto e mais estabilidade aos movimentos.

4.  Camisetas e blusas

Se muita gente não se preocupava com a aparência das roupas de academia, agora então menos ainda. Sabe aquela sua camiseta “antigona” e super confortável? Ela pode ser sua melhor amiga na hora de se exercitar. Os tecidos antigos são mais esgarçados, e acabam sendo mais confortáveis.

Mas se você prefere ter uma muda de roupas específica para treinar, aposte em camisetas de tecido super leve, como viscose ou algodão, e em tamanhos maiores (dependendo da atividade que vai fazer). Na yoga, por exemplo, camisetas mais rentes ao corpo correm menos risco de prenderem no seu braço ou perna, interferindo nos movimentos.

As blusas entram nos dias mais frios, e você pode optar tanto por tecidos já mencionados (como o moletom), como por tecidos propriamente esportivos. Outra dica é ter diferentes grossuras de camisetas de manga longa, assim você pode se adaptar de acordo com a temperatura do dia.

5.  Peças íntimas

E por último, mas não menos importante, as roupas íntimas estão sim presentes na rotina de exercícios, por mais que você não lembre delas. Já que você está em casa, não precisa se preocupar em usar algo novo ou ficar com medo de aparecer ao abaixar no chão.

A única regra é escolher as peças mais confortáveis, que podem ser os modelos boxer ou shorts. Aqui valem os tecidos de lycra®, algodão, ou qualquer outro que não limite seus movimentos e deixe a pele respirar o máximo possível em contato com o suor e as roupas de cima.

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes