29 de maio, 2024

Últimas:

O Japão sediou uma conferência para impulsionar o crescimento e a recuperação econômica da Ucrânia

Anúncios

Em 19 de fevereiro, representantes dos governos do Japão e da Ucrânia, além de organizações empresariais, reuniram-se em Tóquio para a Conferência Japão-Ucrânia para a Promoção do Crescimento Econômico e da Reconstrução.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20240229917973/pt/

Anúncios

Prime Minister Kishida Fumio emphasized how Japan can contribute to Ukraine’s post-war reconstruction. (Photo by: Cabinet Public Affairs Office)

Prime Minister Kishida Fumio emphasized how Japan can contribute to Ukraine’s post-war reconstruction. (Photo by: Cabinet Public Affairs Office)

Anúncios

A delegação do governo japonês, liderada pelo primeiro-ministro do Japão, Kishida Fumio, prometeu apoio de longo prazo para a recuperação da Ucrânia por meio de parcerias público-privadas. A delegação ucraniana, liderada pelo primeiro-ministro da Ucrânia, Denys Shmyhal, agradeceu ao Japão por sua assistência e convidou empresas japonesas a investir na reconstrução da Ucrânia. Cada delegação era composta por mais de 100 funcionários governamentais e empresariais. No total, cerca de 300 pessoas e 130 empresas participaram da conferência. Os dois governos concordaram em cooperar em sete áreas-chave: ação contra minas terrestres e limpeza de destroços, ajuda humanitária e reconstrução de meios de subsistência, desenvolvimento agrícola, biotecnologia, tecnologia digital e de informações, infraestrutura de transporte e energia, e medidas de fortalecimento anticorrupção e governança.

Em seu discurso principal, o primeiro-ministro Kishida descreveu o apoioàrecuperação da Ucrânia da guerra em curso como “investir no futuro” e convocou a comunidade internacional a contribuir. “Os setores público e privado do Japão trabalharão juntos por meio de uma abordagem totalmente japonesa, utilizando o conhecimento derivado dos esforços de reconstrução do pós-guerra e de desastres do Japão”, disse em seu discurso. “A promoção da reconstrução econômica, contudo, não é apenas um investimento no futuro da Ucrânia, mas também investir no Japão e no mundo inteiro.” Ele delineou novas iniciativas para os setores público e privado do Japão apoiarem a Ucrânia. Kishida também anunciou que o Japão facilitaria os requisitos de visto de entrada para cidadãos ucranianos envolvidos em projetos de cooperação Japão-Ucrânia.

O primeiro-ministro Shmyhal agradeceu ao Japão por sua assistência contínua e ao primeiro-ministro Kishida por sua visitaàUcrânia em 2023. Ele acrescentou: “A conferência de hoje será o próximo passo para continuar o desenvolvimento das relações entre os dois países”. Shmyhal mencionou o sucesso financeiro das empresas japonesas na Ucrânia até o momento e convidou as empresas a investir ainda mais no futuro “milagre econômico ucraniano”. Ele destacou os principais setores, como energia, agricultura e infraestrutura, que oferecem oportunidades de investimento de primeira linha com potencial de crescimento robusto.

Ambos os líderes enfatizaram seu compromisso com a cooperação, como também a importância do setor privado na reconstrução da Ucrânia.

A conferência resultou no anúncio de 56 documentos, incluindo acordos intergovernamentais. Os dois governos assinaram uma convenção para eliminar a dupla tributação, o que ajudará as empresas japonesas a investir na Ucrânia. Eles também assinaram um acordo sobre créditos bilaterais, trocaram notas sobre um subsídio para recuperação emergencial e se comprometeram a colaborar nas áreas de educação e tecnologia.

Outros documentos incluíram acordos entre agências governamentais e empresas individuais e organizações empresariais. As empresas japonesas assinaram acordos com empresas ucranianas e agências governamentais para desenvolver instalações de energia, reconstruir a infraestrutura, remover minas terrestres e muito mais.

Desde a invasão russa em fevereiro de 2022, o Japão tem fornecido constantemente ajuda humanitária e outros tipos de assistênciaàUcrânia. Com a parceria público-privada anunciada nessa conferência, o Japão planeja usar seu conhecimento tecnológico e experiência em recuperação e reconstrução pós-desastre para fortalecer seu apoioàUcrânia.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Ministério das Relações Exteriores

+81-(0)3-3580-3311

Fonte: BUSINESS WIRE

Talvez te interesse

Últimas

Estudo divulgado nesta 3ª feira (28) confirma que mineração é um dos setores com emissões mais baixas de gases de...

Categorias