13 de julho, 2024

Últimas:

YouTube está entre as principais plataformas de monetização

YouTube está entre as principais plataformas de monetização

Anúncios

Muitos produtores de conteúdo têm a possibilidade de ganhar dinheiro produzindo vídeos em seus canais do YouTube por meio da monetização da plataforma. Apesar de o YouTube ter sido criado em 2005, somente em 2007 a rede social chegou ao Brasil e começou a gerar renda, permitindo que as pessoas pudessem ganhar dinheiro com seus conteúdos – atualmente, o YouTube é considerado a principal rede social exclusivamente de vídeos no mundo.

De acordo com a pesquisa “Digital 2022: Brazil”, a plataforma é a segunda rede social mais usada no Brasil, com mais de 2,56 bilhões de usuários ativos e mais de 1 bilhão de horas de vídeos visualizados diariamente, perdendo apenas para o WhatsApp. Mesmo sendo uma plataforma gratuita, o youtuber pode ganhar dinheiro alcançando um número mínimo de seguidores e exibição por vídeos, além da venda de anúncios. O pagamento é feito pelo Google AdSense e o dono do canal recebe um valor correspondente em dólar a cada mil visualizações.

Anúncios

No Brasil, houve um crescimento de criadores de conteúdo para a plataforma. O Relatório de Impacto Econômico, de 2020 para 2021, apontou que os empregos gerados no país direta ou indiretamente pelos canais do YouTube subiu de 122 mil para 160 mil. Ainda segundo a pesquisa, produzida pela Oxford Economics, a rede social contribuiu com mais de R$ 6 bilhões para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro em 2021, quase o dobro de 2020. 

Para o especialista em Youtube, com mais de 13 canais monetizados, João Adolfo de Souza, o YouTube se tornou uma das principais fontes de monetização da internet pela facilidade que os produtores de conteúdo têm de entrar no programa de parcerias da plataforma. 

Anúncios

O empresário afirma que, além do usuário poder monetizar seu conteúdo com anúncios entre os vídeos, também é possível obter outras formas de monetização, incentivando os espectadores a enviar super-chats em lives e criando clubes de canais (grupos de membros) para que eles paguem uma mensalidade para ter acesso a conteúdos especiais. “Por sempre estar se inovando e tendo um suporte disponível para os criadores de conteúdo, o YouTube hoje é uma das principais ferramentas de monetização da internet”, analisa.

Empresários devem investir no YouTube

João Adolfo ressalta que o YouTube tem espaço para todos os tipos de empresários e nichos, afinal ele é o segundo maior mecanismo de buscas da internet a nível mundial, atrás somente do Google. 

“Estar no YouTube hoje não é apenas uma opção, mas sim uma necessidade. Acredito que as empresas que não estão na plataforma faturam muito menos do que poderiam”, diz ele, ressaltando que através da rede social é possível “conseguir novos clientes, fazer vendas, fechar novos negócios, aumentar o reconhecimento da marca, tornar-se uma autoridade no seu nicho e monetizar com o seu conteúdo”. 

 

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na noite desta sexta-feira, 12, a Câmara de Botucatu realizou uma sessão solene para entrega do Título de Cidadão...

Categorias