Windows XP faz 20 anos: lembra desse monte verde?

Há 20 anos era lançado o Windows XP, considerado por muitos uma das melhores versões do software da Microsoft. De fato, aquela proteção de tela com o campo esverdeado tão icônica se tornou cringe, mas o sistema foi revolucionário em muitos sentidos.

De olho na data, internautas aproveitaram a nostalgia para relembrar coisas curiosas sobre o sistema.

Windows 11 x Windows XP

Para os mais nostálgicos, o XP ainda está guardado no coração, mas houve grande evolução até o atual Windows 11. Uma das mais marcantes, visualmente, foi a troca de posicionamento no menu, que passou a ser centralizado, na mais recente versão do software.

Windows XP e o Windows 11 — Foto: Reprodução
Windows XP e o Windows 11 (Foto: Reprodução)

Hoje em dia também nada de sufoco na hora de abrir um monte de telas. O recurso snap layouts do Windows 11 deixa destacar até 3 aplicativos simultaneamente.

Outra mudança importante é a quantidade de aplicativos que se pode instalar em qualquer software. Na época do XP, grande parte das funções da internet estava concentrada no navegador.

Sucessor do 2000

Apesar do domínio entre os softwares, a Microsoft sofria na época com uma certa rejeição causada pelo Windows 2000, que não alcançou o sucesso desejado. Com isso, a empresa “correu” para dar uma resposta com o XP.

Sem ‘tela azul da morte’

Para desenvolver o XP, a Microsoft utilizou como base o Windows NT (também a base para o Windows 2000).

O XP apresentou várias inovações, incluindo a introdução da plataforma “Microsoft Error Reporting”.

As versões anteriores do Windows se tornaram famosas pela chamada “tela azul da morte” que aparecia quando o sistema encontrava um erro. O XP o substituiu por um pequeno pop-up para coletar dados sobre o erro e enviá-los aos engenheiros da Microsoft para ajudá-los a melhorar o software.

Foto de monte é real

A mais que conhecida imagem de um monte verde com céu azul e nuvens, um dos principais papéis de parede do Windows XP, é uma foto real. Chamada de Bliss, a foto foi tirada por Charles O’Rear, em 1996. O local é uma área de viticultura, chamada Los Carneros, na Califórnia.

18 anos rodando

O XP deixou de receber suporte em 2009 para o público em geral, quando era utilizado por 75% dos computadores com Windows. Apesar disso, a empresa continuou com o suporte de segurança estendido até 2014, quando 19% dos clientes ainda o usavam.

Como seu sucessor, o Windows Vista foi lançado em 2007. Como foi desenvolvido para computadores mais rápidos, acabou deixando muita gente frustrada.

Ainda tiveram casos especiais, como computadores militares, que utilizam o XP até 2019, exatos 18 anos após o lançamento oficial. De acordo com a Statcounter, apenas 0,59% dos computadores com Windows usam o XP atualmente.

Apesar do “afeto” com o sistema operacional, não é recomendado continuar rodando o XP por questões de segurança.

Internautas brincam ao relembrar o XP

Fonte: G1

Scroll Up