17 de julho, 2024

Últimas:

Vice-presidente dos EUA abordará influência da China em visita à África

Anúncios

A vice-presidente norte-americana, Kamala Harris, inicia uma viagem de uma semana à África neste fim de semana, conforme os Estados Unidos buscam se apresentar como um parceiro melhor do que a China, que tem investido pesadamente no continente ao longo de várias décadas.

Kamala discutirá o envolvimento da China em questões econômicas e de tecnologia na África que preocupam os Estados Unidos, bem como o envolvimento da China na reestruturação da dívida, disseram autoridades graduadas dos EUA.

Anúncios

Um dos três países que Kamala visitará é a Zâmbia, que foi o primeiro país africano a apresentar inadimplência de sua dívida soberana durante a pandemia de Covid-19, e está trabalhando com credores, incluindo a China, para chegar a um acordo.

“Não estamos pedindo aos nossos parceiros na África que escolham”, disse uma autoridade de alto escalão, descrevendo a competição com a China, embora tenha acrescentado que os EUA têm “preocupações reais sobre parte do comportamento da China na África” e seus negócios “opacos”.

Anúncios

Kamala Harris estará em Gana de 26 a 29 de março e depois na Tanzânia de 29 a 31 de março. Sua última parada será na Zâmbia, nos dias 31 de março e 1º de abril. Ela se reunirá com os presidentes dos três países e planeja anunciar investimentos nos setores público e privado.

A autoridade, que falou sob condição de anonimato devido à sensibilidade do assunto, disse que a vice-presidente dos EUA discutirá melhores maneiras para a comunidade internacional abordar os desafios da dívida enfrentados por Gana e Zâmbia.

A Casa Branca sediou uma Cúpula de Líderes da África em dezembro, e o presidente Joe Biden deve viajar para a África este ano.

Kamala Harris tem uma conexão pessoal com Zâmbia. Seu avô materno trabalhou no país e ela o visitava lá quando menina.

“A vice-presidente está ansiosa para retornar a Lusaka, que faz parte da história de sua família e é motivo de orgulho”, disse uma das autoridades.

Fonte: Yahoo!

Talvez te interesse

Últimas

Um sabor moderno da Colômbia entra no mercado dos EUA de forma “cool”...

Categorias