Venda de veículos cai 33,7% em novembro, informa Fenabrave

A venda de veículos caiu 33,74% em novembro, sobre o mesmo mês de 2014, segundo dados divulgados nesta terça-feira (1) pela associação das concessionárias (Fenabrave). Na comparação com outubro, no entanto, houve leve reação: aumento de 1,59%. Foram emplacados 195.212 carros, comerciais leves, ônibus e caminhões em novembro, contra 192.151 unidades no mês anterior.

Foi a 3ª alta registrada no ano, na comparação com o mês imediatamente anterior. Entre julho e junho, os emplacamentos tiveram avanço de 7%. Já em março, houve um salto de 26%, na comparação com fevereiro, que tem menos dias úteis e feriado prolongado no carnaval.

Ainda assim, entre janeiro e novembro, o setor acumula queda de 25,15% em relação ao mesmo período do ano passado, com 2,34 milhões de unidades vendidas ontra 3,12 milhões em 2014.

Por isto, a Fenabrave segue pessimista. “A volatilidade do mercado continua baixa, e não identificamos uma tendência diferente da que já temos observado nos últimos meses”, afirmou, em nota, o presidente Alarico Assumpção.

Mais vendidos

O Chevrolet Onix passou o Fiat Palio como o carro mais vendido no ano. A diferença é de apenas 1,3 mil unidades, segundo a Fenabrave, mas dá a chance de que este seja o segundo ano seguido com um novo campeão de vendas, depois de 27 anos de supremacia do Volkswagen Gol, desbancado pelo Palio no ano passado.

Previsão para 2016

A Fenabrave divulgou no último dia 17 as primeiras previsões de vendas de veículos para 2016. Tomando como base a projeção de queda de 26,5% em 2015, a entidade estima que, no ano que vem, o mercado de automóveis e comerciais leves sofrerá nova queda, mas de 5,2%.

Com a projeção, as vendas passariam de 2,44 milhões de unidades previstas para este ano para 2,32 milhões de veículos. Caso o número seja alcançado, o mercado brasileiro voltaria a índices parecidos com os registrados em 2007. Na época, o país emplacou 2,34 milhões de automóveis e comerciais leves.

Fonte: AutoEsporte

Scroll Up