União Europeia permite que mercadorias russas presas em Kaliningrado circulem por vias férreas

Um executivo da União Europeia disse nesta quarta-feira (13) que mercadorias russas sancionadas podem voltar a transitar pelo território do bloco por via férrea, depois que as tensões entre Moscou e a Lituânia, membro da UE, aumentaram devido ao comércio com o exclave russo de Kaliningrado.

Diversos vagões estão parados na região de Kaliningrado (Foto: Reprodução)

“O trânsito rodoviário de mercadorias sancionadas por operadores russos não é permitido pelas medidas da UE. Não existe proibição semelhante para o transporte ferroviário”, disse a Comissão Europeia, acrescentando que os estados da UE devem verificar esses trens.

Diversos vagões estão parados na região de Kaliningrado (Foto: Reprodução)

“A Comissão destaca a importância de monitorar os fluxos comerciais bilaterais entre a Rússia e Kaliningrado para garantir que as mercadorias sancionadas não possam entrar no território aduaneiro da UE.”

A Comissão acrescentou que o transporte de bens militares e de dupla utilização sancionados era proibido independentemente do modo de transporte.

Bandeiras da Lituânia, Alemanha e Otan hasteadas durante encontro dos dois países (Foto: Reprodução)

A Lituânia atraiu a ira de Moscou nas últimas semanas por restringir o comércio que atravessa seu território para o exclave russo de Kaliningrado, no Báltico, depois que a União Europeia impôs sanções contra Moscou por travar uma guerra com a Ucrânia.

O Kremlin disse nesta quarta-feira que espera progressos sobre um possível acordo da União Europeia para permitir que a Rússia transite alguns bens sancionados para Kaliningrado, mas que o problema não havia sido resolvido.

Fonte: Yahoo!