Ucrânia oferece até US$ 1 milhão para pilotos russos roubarem aviões e helicópteros e desertarem

Uma fabricante estatal de armas da Ucrânia anunciou que vai oferecer até US$ 1 milhão (R$ 5 milhões na cotação atual) para cidadãos ucranianos que roubarem aeronaves militares russas ou soldados do país vizinho que decidirem desertar.

A integra do cartaz divulgado pelo Ministério da Defesa da Ucrânia, incluindo o número de telefone para quem quiser entregar a aeronave capturada (Foto: Reprodução)

“PILOTO RUSSO, RENDA-SE AOS MILITARES UCRANIANOS! É única maneira de salvar a sua vida e honra!”, começa o anúncio. “De acordo com a decisão do Diretor Geral Yuri Gusev, a Corporação Estatal ‘Ukroboronprom’ está pronta para pagar bônus por equipamentos de aviação de combate roubados dos ocupantes! Um milhão de dólares americanos por um avião de caça roubado ou apreendido. Quinhentos mil dólares para um helicóptero militar capturado em condições de funcionamento.”

A mensagem diz ainda que pilotos que participarem da iniciativa terão como garantia a emissão de cidadania ucraniana.

Nesta semana, a companhia Ukroboronprom divulgou que os funcionários estão trabalhando horas extras para suprir as necessidades dos soldados no conflito. Nas redes sociais, compartilharam doações de alimentos e água entregues para a fábrica em Kharkiv.

Na sexta-feira, o presidente russo Vladimir Putin reiterou que a ofensiva na Ucrânia prosseguirá até o país vizinho atender a todas as suas exigências, em mais um sinal de não está disposto a ceder.

Fonte: Extra