Trump critica prefeito de Nova York e líder de movimento antirracista

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou nesta quinta-feira (25) o prefeito de Nova York, o democrata Bill de Blasio, por seu projeto de pintar um mural do movimento antirracismo Black Lives Matter na Quinta Avenida, em frente à Trump Tower, propriedade do líder.

“Me disseram que o prefeito de Nova York Bill de Blasio quer pintar a mítica e bela Quinta Avenida, justo em frente à Trump / Tiffany Tower, com um enorme anúncio amarelo para o Black Lives Matter”, tuitou o presidente republicano.

O gabinete do prefeito de Nova York anunciou na quarta-feira que o mural ficaria em frente ao arranha-céu de Manhattan, onde Trump reside quando visita sua cidade natal.

O presidente também tuitou que os policiais de Nova York estão “furiosos” com supostos cânticos de manifestantes que lotaram as ruas da cidade nas últimas semanas, como no resto do país, para protestar contra a violência policial e o racismo.

Trump afirmou que alguns manifestantes gritaram “Pigs in a Blanket, Fry ‘Em Like Bacon” (Porcos cobertos, frite-os como bacon”), que segundo ele, é uma maneira de pedir para “matar a polícia”.

Esse canto não foi um dos habituais nas marchas em Nova York após a morte do afro-americano George Floyd, asfixiado por um policial branco no final de maio em Minneapolis.

Vários murais, como o planejado em Nova York, foram pintados em outras cidades dos Estados Unidos em apoio ao Black Lives Matter, que lidera as reflexões provocadas por semanas de protestos antirracistas.

Trump também atacou em um tuíte nesta quinta-feira um líder desse movimento, a quem acusou de “traição, sedição, insurreição”.

O presidente estaria se referindo a declarações de Hawk Newsome, membro da organização em Nova York, à Fox News: “Se este país não nos der o que queremos, queimaremos esse sistema e o substituiremos”.

“Eu posso falar de forma figurada, posso falar de forma literal, é uma questão de interpretação”, acrescentou.

“Sejamos claros”, disse Newsome. “Observe a história dos anos 1960, quando cidadãos negros causaram tumultos. Tivemos o maior aumento de riqueza, de propriedades em nosso nome. Pense nas últimas semanas desde que começamos a protestar. Houve oito policiais demitidos no país”.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes