Trio é preso em Lins por estelionato e associação criminosa ao aplicar ‘golpe do catalisador’

A Polícia Civil prendeu três homens em Lins (SP) nesta segunda-feira (16) por estelionato e associação criminosa depois dos suspeitos tentarem dar um golpe em um morador da cidade.

De acordo com os policiais, os suspeitos são de Santo André (SP) e tentaram enganar uma vítima convencendo-a a limpar o escapamento do seu veículo para que então pudessem furtar o catalisador.

Após aplicar o golpe na vítima, os homens colocaram o catalisador em um saco plástico. No entanto, antes de fugirem, a vítima desconfiou do golpe e acionou a Polícia Civil que prendeu os suspeitos em flagrante.

Ainda segundo a polícia, a peça é composta por materiais nobres que têm uso em diversas aplicações da indústria e são altamente valiosos no chamado mercado negro.

Golpe de catalisador em Lins foi motivado porque a peça é composta por materiais nobres valiosos no mercado — Foto: Polícia Civil/ Divulgação
Golpe de catalisador em Lins foi motivado porque a peça é composta por materiais nobres valiosos no mercado (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)

De acordo com o delegado Wanderley Gonçalves Santos, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Lins e responsável pela operação, após a prisão dos suspeitos foram apreendidos 16 sacos com catalisadores em uma casa na qual os suspeitos se abrigavam em Lins. Segundo a polícia, isso indica que pelo menos 16 pessoas foram vítimas da quadrilha na cidade.

Segundo o delegado, cada catalisador gera materiais que são vendidos de R$ 150 a R$ 700 no chamado mercado negro. O trio ficou preso e passará por audiência de custódia nesta terça-feira (17).

Fonte: G1 – Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Scroll Up