Tragédia em Praia Grande: menino que morreu ao cair de 13º andar teria autismo e estaria sozinho

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

menino de 12 anos que morreu ao cair do 13º andado prédio onde morava, em Praia Grande, no litoral de São Paulo estava sozinho no apartamento no momento do acidente. Além disso, o menino tinha transtorno do espectro autista, teria informado a mãe da criança às autoridades em primeiro depoimento.

O prédio de onde o menino caiu fica na Rua Luiz Antônio de Andrade Vieira, no bairro Boqueirão. De acordo com informações preliminares, a mãe teria informado à polícia que havia acabado de sair para fazer compras no bairro, deixando o adolescente trancado sozinho no apartamento. Quando a mãe retornou, o filho já havia caído. Ainda não há informações se haviam outros moradores no apartamento, tampouco se o adolescente estava habituado a permanecer sozinho no apartamento. Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Aproximadamente às 13h30, o jovem caiu em um terreno na Avenida São Paulo, que fica em frente à janela de seu apartamento. No local há um prédio em construção. Transeuntes ouviram a queda e acionaram Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que chegou minutos depois ao local e constatou o óbito do adolescente.

Além do Samu, foram acionados o resgate do corpo de Bombeiros e a Polícia Militar. O caso foi registrado no 1º DP de Praia Grande. A perícia da Polícia Civil também foi contatada e vai investigar as circunstâncias da queda do adolescente.SAMU, bombeiros e Polícia Militar se dirigiram ao local do acidente, onde foi constatado o óbito do menino / Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Fonte: Sistema Costa Norte de Comunicação

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes