Tragédia em Petrópolis já tem 223 mortos; ainda há desaparecidos

A chuva catastrófica que atingiu Petrópolis, na Região Serrana do Rio, na última semana já deixou, até a noite deste sábado (26), pelo menos 223 mortos. Ao menos 20 pessoas ainda estão desaparecidas, segundo o portal de desaparecidos da Polícia Civil.

Segundo a Polícia Civil, os peritos ainda atuam na análise de DNA de despojos recuperados nas áreas afetadas.

Essa já é considerada a maior tragédia da história de Petrópolis. A cidade já tinha sido atingida por temporais semelhantes nos anos de 1988 e 2011.

Buscas continuam

Cinquenta e oito cães farejadores estão em Petrópolis. — Foto: Reprodução/TV Globo
Cinquenta e oito cães farejadores estão em Petrópolis. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Os trabalhos de buscas continuam pelo décimo segundo dia e as equipes contam com apoio de bombeiros de outros estados, voluntários e cães farejadores. Um grupo com 5 condutores e 5 cães chegaram da Argentina para auxiliar no trabalho. Ao todo, 58 cães farejadores estão na cidade.

Fonte: G1 – Foto: Marcos Serra Lima/G1