Toto Wolff garante que Mercedes não vai desistir de briga pelo título

A Mercedes enfrenta o momento mais difícil na Fórmula 1 em toda a era dos motores híbridos, desde 2014. Há cinco corridas sem vencer, vê o avanço da líder RBR no campeonato de construtores e também no Mundial de Pilotos, com Max Verstappen abrindo 32 pontos de vantagem na ponta sobre Lewis Hamilton. Mas apesar dos insucessos, a equipe garante que não pretende “jogar a toalha” e ainda se mantém confiante da recuperação, a 14 etapas para o fim da temporada.

– Não vamos desistir nesta fase da temporada. Não vamos desistir em nenhum momento da temporada, a menos que matematicamente não seja mais possível ganhar este campeonato – prometeu Toto Wolff, chefe do time.

Na atual temporada, ao todo, a RBR soma seis triunfos; cinco deles com Verstappen, incluindo a rodada dupla no Circuito de Spielberg nas duas últimas semanas, nos GPs da Estíria e Áustria, e um com Sergio Pérez, que faturou a vitória no GP do Azerbaijão.

A Mercedes, por sua vez, enfrenta o maior jejum de vitórias desde 2013, quando ficou nove etapas em subir no lugar mais alto do pódio. A última vez foi com Hamilton, no GP da Espanha, em maio. Companheiro do britânico, Valtteri Bottas não vence há 16 corridas, desde a etapa da Rússia em 2020.

Fonte: G1 – Foto: Divulgação