Tonico e Tinoco influenciaram a música caipira e são orgulho de Pratânia e São Manuel

Tonico e Tinoco estão entre os maiores nomes da música brasileira. Parte da carreira dos irmãos está exposta em um museu de Pratânia (SP). O local voltou a abrir as portas depois de dois anos fechado por causa da pandemia.

Nascidos na região, a dupla começou a cantar na década de 30 e desde então já gravou mais de mil canções, além de 83 discos, chegando à marca de 50 milhões de cópias vendidas no Brasil.

O museu permite entender um pouco mais da história dos dois, como uma verdadeira volta ao passado, com a casa em que a dupla passou a infância como principal atração.

Além disso, São Manuel (SP) é outro município da região que faz parte da história da dupla, onde Tonico nasceu e tem uma praça batizada com seu nome.

O Museu da Música Tonico e Tinoco funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h com entrada franca.

João Salvador Perez, o “Tonico”, nasceu em São Manuel, em 02 de março de 1917, e José Perez, o “Tinoco”, nasceu em uma fazenda de Botucatu, que hoje pertence ao município de Pratânia, em 19 de novembro de 1920.

Com G1 – Foto: Reprodução/TV TEM