Todos os adultos nos EUA poderão receber vacina contra Covid-19 a partir de 1º de maio, prevê Biden

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Todos os adultos dos Estados Unidos poderão receber a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 a partir do dia 1º de maio, prevê o presidente Joe Biden, que anunciou a data na noite desta quinta-feira (11), em seu primeiro discurso em rede nacional no horário nobre, marcando seus 50 dias no cargo.

A fala também registra um ano da pandemia no país e serve como uma oportunidade de levar esperança aos americanos e pedir mais uma vez sua colaboração no combate à doença.

“Um ano cheio de perdas de vidas e da vida para todos nós. Mas na perda vimos o quanto havia a ganhar em apreço, respeito e gratidão, encontrar luz na escuridão é algo muito americano a fazer”, disse Biden.

Falando na Sala Leste da Casa Branca, Biden anunciou medidas para acelerar as vacinações, com ampliação no número de lugares e pessoas aptas a aplicar os imunizantes, tendo como meta permitir que americanos protegidos inclusive com a segunda dose possam se reunir para celebrar já o feriado nacional de 4 de Julho, Dia da Independência.

Os Estados Unidos são o país com mais casos registrados de Covid-19 no mundo, 29.212.092, e também com mais mortes, 530.606 até esta quinta, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Medidas

Entre as medidas, mais de 4 mil soldados da ativa serão enviados apoiar os esforços de vacinação, e estudantes de medicina, veterinários e dentistas, além de médicos e enfermeiros aposentados também receberão permissão para aplicar as injeções.

O presidente determinou ainda o direcionamento de mais doses para cerca de 950 centros de saúde comunitários e até 20 mil farmácias de varejo, para facilitar o acesso da população. Grandes espaços como estacionamentos também foram liberados para funcionar como centros de vacinação no sistema drive-thru.

Os estados e territórios receberão suprimentos suficientes para tornar todos os adultos elegíveis para a vacinação a partir de 1º de maio, com estoques que permitam completar o cronograma até o final daquele mês.

Em vez de um milhão de doses aplicadas, como acontecia em dezembro, a intenção é manter o ritmo atual, de dois milhões de doses diárias. Além disso, um novo site promete facilitar o agendamento da vacinação e a localização de postos mais próximos da residência das pessoas a serem imunizadas, de acordo com Biden.

O presidente prometeu ainda que, com a aceleração da vacinação de professores e funcionários da rede de educação, incluindo os motoristas de ônibus escolares, os colégios de todo o país poderão ser reabertos com segurança dentro dos próximos 50 dias.

Mas, como ressaltou o presidente, o sucesso do processo depende da colaboração dos cidadãos, que precisam continuar a usar máscaras, manter o distanciamento social e seguir as diretrizes federais de combate ao coronavírus.

Pacote de US$ 1,9 trilhão

O discurso de Biden acontece horas após ele assinar o pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão, para medidas de auxílio contra a crise causada pela pandemia.

O pacote de Biden é o terceiro aprovado pelo país desde o início da pandemia. Ao todo, já foram gastos US$ 5 trilhões em programas de ajuda econômica, valor equivalente a cerca de 25% do PIB americano.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes