Tempestade tropical Elsa atinge costa da Jamaica com fortes chuvas e segue trajeto até Cuba

A tempestade tropical Elsa atingiu a Jamaica com fortes chuvas neste domingo (4), inundando uma parte da ilha caribenha. O tempo ao longo das costas sul e leste de Cuba também já começou a dar sinais da chegada do ciclone. Moradores de Havana chegaram a sair de suas casas para escapar dos possíveis estragos.

Neste sábado (3), o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (CNH, na sigla em inglês) informou que o Elsa carregava ventos máximos de 95 km, com rajadas mais fortes.

Por volta das 11h (12h de Brasília) deste domingo, o núcleo de Elsa estava perto da Jamaica, de acordo com relatório do CNH, a cerca de 80 km ao norte da capital do país, Kingston. A previsão é de que o trajeto siga até atingir Cuba, incluindo Havana.

Moradores de Havana, capital de Cuba, fazem mudança para fugir da rota da tempestade Elsa — Foto: Alexandre Meneghini/Reuters
Moradores de Havana, capital de Cuba, fazem mudança para fugir da rota da tempestade Elsa (Foto: Reprodução)

“Algum fortalecimento [da tempestade] é possível hoje e nesta noite, quando Elsa se aproximar da costa centro-sul de Cuba”, acrescentou o CNH. “No entanto, prevê-se um enfraquecimento gradual na segunda-feira, quando o ciclone passar por Cuba.”

Elsa deve cruzar o centro e o oeste de Cuba na segunda-feira (5) e, então, seguir em direção à Flórida, nos Estados Unidos. Na terça (6) e quarta-feira (7), o ciclone deve passar perto ou sobre partes da costa oeste do estado americano.

Cubanos retiram móveis para sair de casas em Havana neste domingo, 4 de julho — Foto: Alexandre Meneghini/Reuters
Cubanos retiram móveis para sair de casas em Havana neste domingo, 4 de julho (Foto: Reprodução)

Demolição antes da tempestade

O prédio que parcialmente colapsou em Surfside, na região de Miami, nos Estados Unidos, está em processo de preparação para a demolição neste domingo, uma medida para evitar ainda mais riscos quando o ciclone Elsa chegar à Flórida.

Até o momento, 24 pessoas morreram no desastre. As equipes de resgate suspenderam as buscas de outras 120 vítimas desaparecidas nos escombros.

Equipes de resgate trabalham nos escombros de prédio que desabou na região de Miami, foto de 29 de junho de 2021 — Foto: Cortesia MDFR/Reuters
Equipes de resgate trabalham nos escombros de prédio que desabou na região de Miami (Foto: Cortesia MDFR)

Fonte: Yahoo!

Scroll Up