Tempestade tropical Ana deixa quase 80 mortos no Sul da África

A tempestade tropical Ana, que atingiu vários países do Sul da África, matou 77 pessoas, segundo números divulgados nesta quinta-feira por autoridades de Moçambique, Malauí e Madagascar. Os governos e os serviços de resgate dos três países continuam avaliando a magnitude dos danos causados pelas fortes chuvas que começaram na semana passada na costa do Oceano Índico.

Pelo menos 48 pessoas morreram em Madagascar, segundo um balanço divulgado na noite desta quinta-feira, 18 em Moçambique e 11 no Malauí. A tempestade também afetou Zimbábue, onde não há registros de mortes até o momento.

Dezenas de milhares de casas foram danificadas, muitas ficaram submersas e algumas pessoas ficaram presas. Algumas pontes desabaram e veículos com seus passageiros foram arrastados pelo rio.

Em Madagascar, ao menos 130 mil pessoas tiveram que abandonar suas casas. Na capital, Antananarivo, ginásios e escolas foram transformados em abrigos de emergência.

No Norte e Centro de Moçambique, Ana destruiu dez mil residências e dezenas de escolas e hospitais, além de derrubar a rede elétrica.

A região Sul da África foi afetada nos últimos anos por violentas tempestades que provocaram graves danos materiais e forçaram um grande número de pessoas a deixar suas casas.

Fonte: G1