Suspeitos de matar empresário dizem à polícia que esfaquearam vítima mais de 20 vezes

Os dois homens que foram presos nesta quarta-feira (24) suspeitos de matarem o empresário Marcos Alves Angotti Júnior (foto), de 33 anos e que foi achado carbonizado na zona rural de Guaiçara (SP), afirmaram à polícia que antes de queimarem o veículo esfaquearam a vítima 29 vezes, segundo a Polícia Civil.

O corpo da vítima foi achado após uma equipe ser informada de que o empresário estava sumido. Policiais foram até a casa dele e encontraram manchas de sangue pelo quintal e uma faca, também suja de sangue. O carro do empresário também não estava no local.

Polícia prende suspeitos de matar homem achado carbonizado dentro de carro — Foto: J. Serafim/Divulgação
Polícia prende suspeitos de matar homem achado carbonizado dentro de carro (Foto: J. Serafim/Divulgação)

O delegado João Pandolfi, de Lins, explicou que a motivação do crime teria sido uma dívida que a vítima teria com um credor fruto da negociação de uma máquina de grande porte, tipo retroescavadeira.

“Ele [empresário] tinha uma dívida no valor de R$ 25 mil e os suspeitos, que já eram conhecidos da vítima, teriam sido contratados para acertar o negócio e praticar o crime”, explicou Pandolfi.

Os dois suspeitos, de 22 e 19 anos, também disseram que mais um homem teria participado do assassinato. A polícia diz que esse terceiro suspeito já foi identificado e está sendo procurado pelos policiais.

Suspeitos de matarem empresário alegam que esfaquearam vítima 29 vezes, diz delegado, João Pandolfi, delegado — Foto: TV TEM/Reprodução
Suspeitos de matarem empresário alegam que esfaquearam vítima 29 vezes, diz delegado, João Pandolfi, delegado (Foto: TV TEM/Reprodução)

Perto da casa onde aconteceu o crime, a polícia encontrou uma camisa com marcas de sangue que pode ter sido usada pelo criminoso que está foragido. Os dois suspeitos devem passar por audiência de custódio nesta quinta-feira (25), em Lins.

Polícia prende suspeitos após crime em Guaiçara — Foto: Jaqueline Frizon/TV TEM
Polícia prende suspeitos após crime em Guaiçara (Foto: Jaqueline Frizon/TV TEM)

Fonte: G1