23 de julho, 2024

Últimas:

Solstício de inverno 2024: por que esta quinta-feira (20) é o dia mais curto do ano?

Anúncios

O início da estação mais fria do ano não é o único destaque desta quinta-feira (20/6). Hoje também será o dia mais curto de 2024, e a noite, a mais longa, com o sol nascendo às 07h04 e se pondo às 17h28, no horário de Brasília. Entenda por que isso acontece e qual a relação com os solstícios.

20 de junho será o dia mais curto do ano de 2024 (Foto: Reprodução)

O que é solstício?

A origem do nome solstício ajuda a explicar o funcionamento do fenômeno. O termo, que em latim significa “sol parado”, foi escolhido após astrônomos observarem que o sol “parava” quando atingia um ponto máximo duas vezes por ano, em junho e dezembro.

Anúncios

“As estações do ano acontecem devido à inclinação do eixo da Terra em relação ao seu plano de órbita e também à sua translação em torno do sol. O início delas está associado aos solstícios (inverno e verão) e aos equinócios (outono e primavera)”, explica a astrônoma Josina Nascimento.

Por que hoje é o dia mais curto do ano?

No solstício de inverno, o sol atinge a maior distância angular em relação ao plano que passa pela Linha do Equador. Quando a terra atinge este ponto em junho, a radiação solar é menor no Hemisfério Sul, conforme esclarece Patrícia Cassoli, meteorologista da Climatempo. Com menos horas de sol, o dia fica mais curto e a noite mais longa.

Anúncios

Enquanto isso, o oposto acontece no Hemisfério Norte. Nesta quinta, o sol atinge o ponto mais alto no céu e a distância máxima em relação aos pontos cardeais leste e oeste, alongando o dia e encurtando a noite.

Veja como o eixo terrestre interfere na entrada dos raios solares nos hemisférios — Foto: Przemyslaw Idzkiewicz/ Creative Commoms
Veja como o eixo terrestre interfere na entrada dos raios solares nos hemisférios (Foto: Przemyslaw Idzkiewicz/ Creative Commoms)

De acordo com a Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (ON/MCTI), durante os equinócios a duração do dia e da noite é praticamente a mesma. No entanto, após a passagem do fenômeno no outono, os dias vão se tornando progressivamente mais curtos até o solstício de inverno.

Isso quer dizer que, a partir desta sexta-feira (21/6), com o fim da estação, os dias começam a se alongar até encontrar um equilíbrio no equinócio da primavera, em 22 de setembro. Na sequência, a caminhada se volta para o solstício de verão, em 21 de dezembro, quando o Brasil viverá o dia mais longo do ano.

Fonte: Globo Rural

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Na manhã desta segunda-feira (22), uma operação policial foi realizada pelos Policiais Civis da Delegacia de Proteção Animal da...

Categorias