São Paulo quer antecipar testes para ganhar tempo na volta aos treinos e aguarda reunião com FPF

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O São Paulo pensa em antecipar a testagem do elenco profissional para ganhar tempo antes da volta aos treinos, liberada a partir do dia 1º de julho pelo governador João Dória (PSDB).

A ideia discutida entre os presidentes Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, do São Paulo, e de outros clubes seria iniciar os testes a partir desta quinta-feira, quando ocorrerá uma reunião com a Federação Paulista de Futebol para debater os próximos passos. O Palmeiras também pretende antecipar a testagem em seus atletas.

O Santos não descarta essa possibilidade, mas não tem uma definição. Procurado, o Corinthians não negou, mas também não quis responder sobre o assunto.

O motivo de o São Paulo querer antecipar os testes é que, se eventualmente jogadores forem diagnosticados com Covid-19, o clube isolaria esses atletas em quarentena imediatamente. Assim, eles retornariam praticamente no início dos trabalhos com o grupo, no começo de julho.

Esse movimento evitaria que jogadores contaminados e diagnosticados perto do dia 1º de julho perdessem os primeiros 15 dias da nova pré-temporada. O São Paulo entende que existe o risco de contaminação desde agora até o fim do mês, mas acredita que a tendência é que isso diminua.

O Palmeiras também pensa em começar a analisar parte do grupo nesta semana, com objetivo de iniciar uma análise clínica de alguns jogadores.

A última vez em que o Verdão entrou em campo foi no dia 14 de março e, desde o início de maio, tem trabalhado com os atletas por meio de transmissões pela internet de sessões de treinamento. O longo período sem partidas será um dos desafios na retomada das atividades presenciais.

A decisão do governador João Doria de só liberar a volta aos treinos dos clubes a partir de 1º de julho enfureceu cartolas paulistas. Dirigentes da Federação Paulista de Futebol e dos clubes que disputam a Série A1 do campeonato estadual afirmaram, em conversas com interlocutores, terem tomado uma rasteira do governo.

Em nota oficial, a FPF falou em “estranheza” com a decisão (leia no fim da reportagem).

Apesar disso, não se pensa em desrespeitar a decisão do governador, mas o assunto será debatido no encontro desta quinta-feira.

O que mais irrita os cartolas paulistas é o fato de o comércio e os shoppings estarem abertos. Se locais fechados que acomodam milhares de pessoas de uma vez são permitidos, por que não treinos individuais em locais abertos, que mobilizariam no máximo 50 pessoas?

Protocolo do governo de SP para volta aos treinos — Foto: Reprodução
Protocolo do governo de SP para volta aos treinos (Foto: Reprodução)

A leitura dos cartolas ouvidos é de que o governador quis usar o futebol para se contrapor ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de quem é adversário político.

Bolsonaro recebeu jogadores e cartolas nesta quarta-feira em Brasília, e possivelmente estará no Maracanã nesta quinta-feira, quando o Flamengo enfrenta o Bangu no retorno do Campeonato Carioca.

Os dirigentes de clubes paulistas também se preocupam com a vantagem esportiva – e até financeira – que times de outros estados podem conseguir por terem voltado aos treinos antes. Além dos cariocas, que já vão voltar a jogar, citam grandes gaúchos, Grêmio e Inter, e o Atlético-MG.

Veja nota oficial da FPF:

“A Federação Paulista de Futebol recebeu a informação, a partir da entrevista coletiva concedida pelo Governo do Estado de São Paulo, de que os treinos dos clubes da Série A1 do Campeonato Paulista poderão ser retomados somente a partir do dia 1º de julho.

O anúncio, com o distante reinício das atividades, causou estranheza, já que o Protocolo de Retomada Gradual aos Treinos preza, em primeiro lugar, pela saúde de todos envolvidos.

Assim, os profissionais do futebol, que dependem de seu condicionamento físico para exercer suas atividades, seguem impedidos de trabalhar, sem que haja uma explicação plausível e científica.

A Federação Paulista de Futebol convocará uma reunião virtual com os 16 clubes para esta quinta-feira, 15h, para tratar do tema.”

Protocolo do governo de SP para volta aos treinos — Foto: Reprodução
Protocolo do governo de SP para volta aos treinos (Foto: Reprodução)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes