São Paulo homenageia Éder Jofre no Morumbi após ídolo entrar no Hall da Fama do boxe nos EUA

O São Paulo homenageou Éder Jofre na tarde desta quinta-feira, no Camarote dos Ídolos, no Morumbi, após o ex-atleta entrar no Hall da Fama do boxe da Costa Oeste dos Estados Unidos.

O evento reuniu cerca de 100 pessoas e contou com a presença de crianças do projeto social de boxe do Marcão, segurança do São Paulo. As crianças puderam conhecer o ex-pugilista que marcou história no esporte como atleta do Tricolor.

Durante a cerimônia, Éder Jofre foi presenteado com camisas do São Paulo personalizadas e uma estátua sua em miniatura.

Éder Jofre é homenageado pelo São Paulo — Foto: Felipe Ruiz
Éder Jofre é homenageado pelo São Paulo (Foto: Felipe Ruiz)

O tricampeão mundial dos pesos pena e galo foi o primeiro brasileiro a deter um cinturão de relevo mundial no boxe e entrou no Hall da Fama no último domingo, em evento realizado em um hotel em Los Angeles ao lado da Calçada da Fama e do cinema que abriga o Oscar.

Debilitado fisicamente e acometido pela encefalopatia traumática crônica (doença neurológica provocada por impacto na cabeça), Éder quis fazer a viagem aos EUA. Os filhos, então, consultaram o médico que o acompanha e acharam que valia a pena.

Éder, de 85 anos, já fazia parte de um outro Hall da Fama relevante nos Estados Unidos, no estado de Nova York, desde 1992. Ele é o único brasileiro a figurar nos dois lugares “sagrados”.

Além de Éder, outros nomes importantes da história do boxe foram imortalizados na cerimônia, como Oscar De La Hoya e o japonês Fighting Harada – esse, por sinal, rival de Éder nos anos 1960.

Éder Jofre é homenageado pelo São Paulo — Foto: Felipe Ruiz
Éder Jofre é homenageado pelo São Paulo (Foto: Felipe Ruiz)
Éder Jofre é homenageado pelo São Paulo — Foto: Felipe Ruiz
Éder Jofre é homenageado pelo São Paulo (Foto: Felipe Ruiz)

Fonte: G1 – Foto: Felipe Ruiz

Scroll Up