São Paulo e Palmeiras ficam no 1 a 1 pela Libertadores

São Paulo e Palmeiras ficaram no empate em 1 a 1 na noite desta terça-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. Recebendo o Verdão no estádio do Morumbi, o Tricolor abriu o placar com Luan, mas acabou sofrendo gol em cobrança de falta de Patryck de Paula, em que Tiago Volpi acabou falhando.

Com o resultado, o Palmeiras joga pelo 0 a 0 na próxima terça-feira, no Allianz Parque, para avançar mais uma vez à semifinal da Libertadores. Para o São Paulo se classificar, será preciso vencer o Verdão em sua casa ou empatar por dois ou mais gols, fazendo prevalecer assim o critério de gols fora de casa.

Agora o São Paulo volta o foco para o Campeonato Brasileiro, competição em que enfrenta o Grêmio, no próximo sábado, no Morumbi. Já o Palmeiras terá o confronto direto pela liderança do torneio contra o Atlético-MG, também no sábado, no Mineirão.

O São Paulo começou o jogo melhor e logo aos dois minutos de jogo levou perigo pela primeira vez à meta alviverde. Luan ficou com a sobra após cruzamento na área e bateu de primeira, buscando o cantinho, mas a bola saiu pela linha de fundo. Mais tarde foi a vez de Daniel Alves dar um passe magistral para Gabriel Sara sair na cara do gol, mas o meia não pegou em cheio na bola, facilitando a defesa de Weverton.

A blitz tricolor não cessou. Aos 15 minutos, o goleiro palmeirense teve de trabalhar novamente. Em cruzamento fechado de Rigoni, Pablo resvalou de cabeça, e Weverton foi obrigado a se esticar todo para espalmar, evitando que os donos da casa abrissem o placar no Morumbi.

A partir daí o Palmeiras acordou para a partida. O Verdão assustou pela primeira vez aos vinte minutos com Renan, que completou de cabeça a cobrança de escanteio, mandando no segundo pau, mas Rony não chegou a tempo de completar para o gol. Pouco depois, após linda jogada individual de Dudu, Breno Lopes saiu cara a cara com Tiago Volpi, mas bateu para fora.

Na reta final do primeiro tempo, o jogo, que já era bastante estudado, ficou inda mais truncado. O Palmeiras teve mais uma oportunidade com Breno Lopes, que novamente se atrapalhou ao tentar finalizar após receber com liberdade pela esquerda. Pelo São Paulo, Gabriel Sara arriscou da entrada da área, mas faltou pontaria. Assim coube às equipes irem para o intervalo conformadas com o empate sem gols.

Wesley, que substituiu Breno Lopes no intervalo, entrou bem no jogo e foi quem produziu a primeira boa chance do Palmeiras no segundo tempo. Logo aos sete minutos o atacante palmeirense passou por Daniel Alves e Miranda, cortou para o meio e bateu cruzado, ma a bola desviou na defesa e acabou saindo pela linha de fundo. Pouco depois foi a vez de Danilo ficar com a sobra do escanteio no segundo pau e mandar próximo à trave de Volpi.

O Verdão começou a etapa complementar mais ligado, mas quando o São Paulo respondeu, foi fatal. Aos oito minutos, Rigoni disputou a bola na área, e Nestor ficou com a sobra, batendo duas vezes à queima-roupa e vendo Weverton fazer dois milagres. Mas, no segundo rebote, Luan apareceu para chutar de primeira, sem chances para o goleiro palmeirense, abrindo o placar para o Tricolor no Morumbi.

Embalado pelo gol, o São Paulo cresceu e passou a pressionar o Palmeiras. Aos 16 minutos, Liziero esteve muito próximo de marcar um gol antológico no Choque-Rei, aproveitando cruzamento de Daniel Alves para bater de primeira, mandando por cima do gol, próximo ao travessão.

O que o Tricolor não esperava era que o Palmeiras conseguiria chegar ao empate em jogada de bola parada, em um chute de longa distância. Aos 28 minutos, Patrick de Paula aproveitou a confusão na zaga para chutar forte, no cantinho de Volpi, que acabou aceitando o arremate do volante alviverde.

Nos minutos finais, o Palmeiras cresceu, se aproximando da virada, mas a defesa do São Paulo se manteve firme para evitar o pior. O Tricolor também tentou agredir para retomar a frente no marcador, mas esbarrou no forte sistema defensivo do Verdão. Quem esperava uma classificação encaminhada já no jogo de ida, terá de esperar pelo segundo Choque-Rei.

SÃO PAULO 1 x 1 PALMEIRAS

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 10 de agosto de 2021, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)
Cartões amarelos: Daniel Alves (SPA); Renan (PAL)
Gols: Luan, aos 8 do 2ºT (São Paulo); Patryck de Paula, aos 28 do 2ºT (Palmeiras)
SÃO PAULO: Luan (8min do 2º Tempo)
PALMEIRAS: Patrick de Paula (28min do 2º Tempo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda (Welington e depois Reinaldo), Miranda e Léo; Daniel Alves, Luan, Liziero, Rodrigo Nestor (Igor Gomes) e Gabriel Sara; Rigoni e Pablo
Técnico: Hernán Crespo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Renan; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula) e Raphael Veiga (Gabriel Veron); Dudu, Breno Lopes (Wesley) e Rony (Luiz Adriano)
Técnico: Abel Ferreira

Fonte: Yahoo! – Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

Scroll Up