Santos vence o Athletico na Arena da Baixada

O Santos venceu o Athletico por 1 a 0 neste sábado, na Arena da Baixada, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado novamente por Madson.

O Peixe abriu o placar no início do segundo tempo e sofreu demais para vencer. O Furacão acertou a trave e parou em boas defesas do goleiro João Paulo.

Com a vitória, o Santos pula para a 11ª colocação, com 35 pontos, e aguarda os demais resultados da rodada. O Athletico foi ultrapassado e agora é o 13º, com 34.

O Athletico voltará a campo para enfrentar novamente o Flamengo na terça-feira, na Arena da Baixada, em jogo adiado da quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Santos só atuará diante do Palmeiras no dia 7, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada.

O primeiro tempo foi bem movimentado na Arena da Baixada. O Athletico teve mais a posse de bola, mas o Santos, bem organizado, foi perigoso nos contra-ataques.

A primeira grande chance foi do CAP, com cabeceio de Pedro Rocha para incrível defesa de João Paulo aos 14 minutos. Foi o zagueiro Zé Ivaldo quem subiu para cruzar.

O Peixe respondeu aos 24, quando Lucas Braga roubou e tocou para Felipe Jonatan cruzar rasteiro. Marcos Guilherme se antecipou bem no primeiro pau, mas chutou para fora.

No minuto 29, o Santos chegou em novo contra-ataque. Lucas Braga lançou Diego Tardelli em projeção, mas o goleiro Santos foi espertou e fechou o ângulo. A cavadinha parou no atleticano. Nesse escanteio, Felipe Jonatan cruzou e Danilo Boza, sozinho, cabeceou por cima.

Aos dois minutos, o Santos abriu o placar. E novamente no jogo aéreo de Madson. Marcos Guilherme cruzou e o lateral-direito estufou as redes em cabeceio. 1 a 0.

No minuto 5, o Athletico quase empatou. Christian cruzou e Terans, sozinho na pequena área, finalizou de carrinho e a bola subiu demais. Falha gritante da defesa santista.

Aos 11, o Furacão chegou de novo. Robson furou de forma bizonha e Marcinho, de perna esquerda, bateu bonito e a bola raspou a trave. João Paulo só olhou. No minuto 16, Erick chutou, João rebateu e Danilo Boza cortou de forma providencial no rebote.

O Athletico seguiu na pressão e obrigou João Paulo a fazer outra grande defesa em cabeceio de Zé Ivaldo. Aos 30, Renato Kayzer acertou o travessão em novo lance de cabeça.

No minuto 35, o Santos finalmente puxou um contra-ataque com Lucas Braga. O atacante conseguiu o corte, mas chutou mascado e o goleiro Santos chegou antes de Raniel.

Aos 46, João Paulo fez novo milagre cara a cara com Terans. Nos minutos finais, o Athletico seguiu em cima, mas o Peixe conseguiu, com pouco juízo, garantir um resultado fundamental contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

ATHLETICO 1 x 0 SANTOS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 30 de outubro de 2021
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Athletico: Zé Ivaldo. Santos: João Paulo e Vinicius Balieiro
Público: 7196

GOL:
Santos: 
Madson, aos 2 minutos do 2T

ATHLETICO: Santos; Zé Ivaldo, Nicolas Hernández (Nikão) e Thiago Heleno; Marcinho (Khellven), Erick (Léo Cittadini), Christian e Abner Vinicius; Pedro Rocha (Bissoli), Terans e Renato Kayzer
Técnico: Alberto Valentim

SANTOS: João Paulo; Danilo Boza, Robson e Emiliano Velázquez (Wagner Palha); Madson, Vinicius Balieiro, Felipe Jonatan (Carlos Sánchez), Marcos Guilherme (Pará) e Lucas Braga; Ângelo (Moraes) e Diego Tardelli (Raniel)
Técnico: Fábio Carille

Fonte: Yahoo!Foto: Ivan Storti/Santos FC

Scroll Up