Rússia concorda em iniciar conversas sobre segurança com EUA no início do ano

A Rússia iniciará conversas com negociadores dos Estados Unidos sobre garantias de segurança que quer do Ocidente no início do próximo ano, disse o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, nesta quarta-feira em meio a preocupações com um acúmulo de soldados russos perto da fronteira com a Ucrânia.

Kiev e o Ocidente acusam a Rússia de estar cogitando um novo ataque à Ucrânia já no começo do mês que vem. Moscou nega, apesar de posicionar dezenas de milhares de soldados em postos de passagem mais próximos do território ucraniano.

Na terça-feira, o presidente Vladimir Putin disse que a Rússia não tem espaço para recuar no impasse com os EUA sobre o que o governo russo vê como a ajuda militar norte-americana inaceitável à Ucrânia e que será forçada a adotar uma reação dura, a menos que o Ocidente descarte sua “linha agressiva”.

Ele disse que seu país quer garantias de segurança obrigatórias de que certas armas ofensivas não serão enviadas a países que fazem divisa com a Rússia e que a aliança militar Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) interrompa sua expansão rumo ao leste.

A Rússia apresentou aos EUA uma lista detalhada de garantias de segurança que quer do Ocidente.

“Está combinado que, logo no início do próximo ano, um contato bilateral entre negociadores americanos e os nossos se tornará a primeira rodada (de conversas)”, disse Lavrov.

Fonte: Yahoo!

Últimas

Botucatu: Obituário 14 de agosto de 2022

14/08/2022

Toshio Abe – 97 anos Sepultamento Cemitério Portal das Cruzes 15/08/22 às 17h Velório Complexo Funerário...

Categorias